Bruna Wurts

Bruna Wurts faz apresentação quase perfeita e fica com o ouro inédito para o Brasil. (Carla Canteras/R7)

LANCE!
27/07/2019
15:35
Lima (Peru)

O Brasil conquistou mais um ouro no Pan-Americano de Lima. A jovem Bruna Wurts, de apenas 18 anos, superou a argentina Giselle Soler, que buscava o bicampeonato pan-americano, e ficou com o primeiro lugar, pela primeira vez no feminino. A brasileira é a atual campeã dos Jogos Sul-Americanos, que foi disputado em Cochabamba, no ano passado.


Na fase classificatória na sexta, a argentina havia ficado à frente de Bruna, que teve dois erros de execução em saltos. Neste sábado, a brasileira fez uma ótima apresentação e somou 103,17 pontos, 11,02 a mais que Giselle Soler. Com o ouro garantido, a patinadora falou sobre a preparação para o Pan-Americano e também sobre o nível do Brasil na modalidade. 

- Sensação que não dá pra descrever. Tanto tempo de dedicação, tantas coisas que deixei de fazer, como sair com os amigos para ir treinar, as dietas, mas valeu tudo a pena. É um resultado que mostra o quanto a nossa patinação está crescendo. Nível técnico dos patinadores brasileiros tem melhorado muito nos últimos anos.

Bruna também falou sobre a emoção de aguardar a nota. A brasileira precisava somar 55,46 e acabou fazendo 66,47 pontos. 

- A gente não vê a apresentação das outras patinadoras. Eu prefiro ficar concentrada na minha atuação e esperar o que os juízes vão marcar. Mas a demora para sair a nota me deu muita aflição. Porque você nunca sabe o que eles vão marcar, podem descontar alguma coisa, nunca se sabe. A demora foi para ter mais emoção.

Esta é a décima primeira medalha do Brasil na patinação em Jogos Pan-Americanos, a quinta de ouro. O gaúcho Marcel Sturmer foi tetracampeão entre 2003 e 2015. Outra esperança de medalha na modalidade é Gustavo Casado, que terminou a fase qualificatória em quarto.