Daniel Chaves, Paulo Roberto de Almeida Paula e Daniel Ferreira do Nascimento representarão o Brasil na maratona olímpica. (Divulgação)

Daniel Chaves, Paulo Roberto de Almeida Paula e Daniel Ferreira do Nascimento representarão o Brasil na maratona olímpica. (Divulgação)

Iúri Totti
02/06/2021
21:02
Corrida Informa

Daniel Chaves (ICB-RJ), Paulo Roberto de Almeida Paula (São Paulo/Kiatleta-SP) e Daniel Ferreira do Nascimento (ABDA-SP) foram confirmados, nesta quarta-feira (2/6), pela Confederação Brasileira de Atletismo (CBAt), como os representantes do Brasil na maratona dos Jogos Olímpicos de Tóquio.

A prova vai acontecer no dia 7 de agosto, na cidade de Sapporo, em Hokkaido, a cerca de 800km de distância da capital japonesa.

Os três superaram o índice de 2h11m30s exigido pela World Athletics para estarem nas Olimpíadas.

No feminino, nenhuma atleta conseguiu correr abaixo da marca mínima de 2h29m30s.

O prazo de qualificação para a maratona e para os 50km marcha atlética terminou na última segunda-feira (31/5). Os corredores foram extremamente prejudicados pela pandemia global, que cancelou muitas competições e não permitiu viagens ao exterior. O prazo foi de 1º de janeiro de 2019 a 5 de abril de 2020 e, depois, de 1º de dezembro até esta segunda-feira (31/5). Para as outras provas, segundo a CBAt, os atletas têm até dia 29 de junho para a obtenção dos índices.

Daniel Chaves foi o primeiro a obter o índice olímpico

O primeiro a correr abaixo de 2h11m30s foi Daniel Chaves. O petropolitano, nascido a 10 de julho de 1988, marcou 2h11m10s na Maratona de Londres, na Inglaterra, no dia 28 de abril de 2019. Já Paulo Roberto, paulista de Pacaembú, nascido a 8 de julho de 1979, completou a Maratona de Sevilha, na Espanha, em 2h10m08s, no dia 23 de fevereiro de 2020.

Daniel Nascimento, o mais jovem dos três, foi o último a carimbar o passaporte para Tóquio. Nascido em Paraguaçu Paulista, no dia 28 de julho de 1998, ele conseguiu o índice em sua primeira maratona. Daniel venceu a prova “O Bicentenário do Peru”, em Lima, no dia 23 de maio, com o tempo de 2h09m04s. No dia 29 de maio, menos de uma semana depois de garantir qualificação olímpica, Danielzinho, como é conhecido, venceu os 10.000 m do Campeonato Sul-Americano de Guayaquil, no Equador.

Enquanto Daniel Chaves e Daniel Nascimento vão estrear na Olimpíada, Paulo Roberto segue para a terceira em sua carreira. Ele foi oitavo em Londres-2012, com 2h12m17s, e 13º na Rio-2016, com 2h13m56s. (Iúri Totti)