Matheus Babi - Botafogo

Matheus Babi (direita) é referência no ataque do Botafogo ao lado de Bruno Nazário (Thiago Ribeiro / Botafogo)

LANCE!
10/03/2021
10:42
Rio de Janeiro (RJ)

O Botafogo entra em campo, nesta quarta-feira, pela Copa do Brasil, e busca renovar seu folêgo para a temporada de 2021. Após ser rebaixado no Brasileirão, o Glorioso terá a oportunidade de mudar o ambiente para a nova temporada. Para o comentarista do SporTV Pedrinho, o atacante Matheus Babi, de 23 anos, é exemplo de como a má fase em 2020 pode atrapalhar a evolução de promessas. 

+ Ela está de volta! Veja os confrontos iniciais da Copa do Brasil

- É um jovem que ainda está em evolução, né? Ele pegou uma equipe muito desequilibrada, em uma queda total, ele tendo que dar um rendimento individual e coletivo, com a obrigação interna de fugir da zona de rebaixamento. A gente pode tirar pela metade aí o que ele pode evoluir - comentou o ex-atleta.

Babi foi um dos destaques do ataque do Glorioso mesmo em uma temporada de seca quando o assunto é bola na rede. Pelo contrário, o Botafogo conseguiu ser rebaixado para a Série B com 62 gols tomados e 32 feitos. A expectativa é que um novo ciclo ajude o jovem atleta. 

- Se ele está em outro ambiente, outra atmosfera, outra proposta, o rendimento dele, mesmo iniciando a carreira, poderia ser muito maior. O entorno interfere muito nesses meninos. E não tem só o Babi - comentou Pedrinho, no programa "Troca de Passes", nesta terça-feira.

Especulado por outras equipes, Babi já virou destaque do time carioca no estadual. O Alvinegro mede forças, nesta quarta, contra o Moto Club, no Maranhão, pela primeira fase da competição nacional.