Jorge Jesus

Jorge Jesus chegou ao Flamengo em julho: venceu o Brasileiro e a Libertadores (Foto: Marcelo Cortes/Flamengo)

LANCE!
30/12/2019
07:30
Lisboa (POR)

Jorge Jesus é o nome da vez no futebol brasileiro. E em Portugal. Aclamado em suas férias em Lisboa, o treinador tem colhido os frutos de uma temporada quase impecável, sendo campeão brasileiro e da Libertadores - o seu primeiro título continental. O reconhecimento local atingirá o seu ápice nesta segunda.

Isso porque, Jesus receberá a condecoração da Ordem do Infante D. Henrique pelo presidente de Portugal, Marcelo Rebelo de Sousa, como forma de reconhecer feitos conquistados pelo técnico do Rubro-Negro em 2019, que culminaram, de acordo com o governo, em uma grande promoção de Portugal.

A condecoração tem como critério homenagear responsáveis diretos por "serviços relevantes a Portugal, no país e no estrangeiro, assim como serviços na expansão da cultura portuguesa ou para conhecimento de Portugal, da sua história e dos seus valores". 

A cerimônia será realizada às 17h30 (14h30 de Brasília), no Palácio de Belém, em Lisboa. Cabe destacar que, no início deste mês, Jesus recebeu a Medalha de Tiradentes, no Rio. A honraria, existente desde 1989, é destinada a pessoas que prestaram relevantes serviços à causa pública do estado.

'FIGURA DO ANO'

Ainda sobre reconhecimento e admiração: Jesus foi eleito a "figura do ano" pelo jornal português "Correio da Manhã". O Mister é a capa da revista especial de fim de ano.

- Chegou, viu e venceu. Na terra do futebol, Jorge Jesus mostrou como se joga  bola, ganhando a admiração e o respeito de todos. É o português do momento, eleito pela redação do CM/CMTV como a figura nacional de 2019 - escreveu a publicação, que ouviu o seguinte de Jesus:

- É muito importante, para mim, ser distinguido no domínio da cidadania. Estou muito orgulhoso por terem me escolhido. Hoje, como português emigrante, ainda me sinto mais honrado.

PRÉ-TEMPORADA: MUDANÇA DE PLANOS

Por falar na Terrinha, a princípio, havia uma "grande tendência" de o Fla realizar a pré-temporada no país de Jorge Jesus. O vice-presidente de futebol, Marcos Braz, inclusive, externou que o fato seria importante para "a promoção da marca do Flamengo e para a valorização de todos os ativos do clube, uma vez que muitos focos europeus se apontariam". Mas os planos mudaram. 

O Rubro-Negro se reapresenta no dia 23 de janeiro e, como pretende disputar a Supercopa do Brasil (16 de fevereiro, em Brasília), com o time completo, a logística para treinar em Portugal, possivelmente em Algarve, apertaria o calendário. Assim, o Ninho do Urubu, com gramados renovados, deve seguir como o terreno para os trabalhos do adulado comandante lusitano.