David Nascimento
31/07/2019
23:53
Rio de Janeiro (RJ)

Em uma noite de muita emoção, o Flamengo classificou-se para as quartas de final da Conmebol Libertadores. Na noite desta quarta-feira, quase 68 mil torcedores foram ao Maracanã acompanhar o jogo de volta das oitavas, depois de uma derrota do Rubro-Negro por 2 a 0, no jogo de ida. No tempo normal, o Fla venceu por 2 a 0 - gols de Gabigol -, levando a decisão da vaga para os pênaltis. Nas penalidades, vitória por 4 a 2 dos comandados de Jorge Jesus, com Diego Alves salvando ao defender uma cobrança.

Com o resultado, o Flamengo pegará o Internacional nas quartas de final da Conmebol Libertadores, com as datas das partidas de ida e volta ainda a serem confirmadas. Pelo Campeonato Brasileiro, o Rubro-Negro volta a campo no fim de semana - domingo, às 16h, visita o Bahia.

CONFIRA A TABELA DA COMPETIÇÃO!

PÊNALTI... E GOL!
Diferentemente do jogo de ida, quando foi derrotado por 2 a 0 e errou muito na formação do Flamengo, Jorge Jesus não inventou nesta volta. O técnico, com isto, fez o Rubro-Negro ter poder defensivo e ofensivo, pressionando desde o minuto inicial para tirar a vantagem acumulada do Emelec. E não demorou muito para abrir o placar. Aos sete, Rafinha foi derrubado por Bagüi na grande área, pênalti corretamente marcado. Dois minutos depois, Gabigol cobrou e converteu: 1 a 0.

GABI, GABI, GABIGOL!
Artilheiro nato, oportunista, Gabigol carrega por onde passa o cheiro de gol. Embalado, aproveitou recuperação de bola de Bruno Henrique após erro da defesa de Emelec, recebeu na velocidade e estufou as redes do goleiro Dreer: 2 a 0 para o Flamengo - o 22º gol de Gabigol defendendo o time da Gávea. Em 18 minutos de jogo, os comandados de Jorge Jesus recuperariam a péssima atuação do jogo de ida, deixando tudo igual no agregado. E foi assim que o duelo foi para o intervalo.

EQUATORIANOS SEGURAM
Na volta do intervalo, o Emelec trabalhou mais a defesa, fechando espaços, segurando a força ofensiva do Flamengo. Tudo bem que a criação do Rubro-Negro, no segundo tempo, não foi lá essas coisas, com as poucas oportunidades ocorrendo com Thuler, aos 15 minutos, livre, Bruno Henrique, aos 38, e Arrascaeta, aos 51... Mas ficou na vitória por 2 a 0 do Flamengo no tempo normal. Como o resultado do jogo de ida foi repetido, a decisão do classificado às quartas sairia nos pênaltis.

E DEU FLAMENGO!
Os mais de 67 mil torcedores que foram ao Maracanã acompanhar este jogo decisivo ficaram apreensivos para a decisão da vaga nas penalidades. E quem ficou com a vaga foi o Flamengo, vencendo os pênaltis por 4 a 2. Pelo lado do Rubro-Negro, Arrascaeta, Bruno Henrique, Renê e Rafinha converteram. No lado do Emelec, Bryan Angulo e Cortez converteram - Dixon Arroyo parou no goleiro Diego Alves e Queiróz acertou o travessão. Comemora a torcida do Flamengo, classificada!

FICHA TÉCNICA
FLAMENGO 2 (4) X (2) 0 EMELEC (EQU)


Estádio: Maracanã, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 31/7/2019, 21h30 (de Brasília)
Árbitro: Néstor Pitana (ARG) - Nota LANCE!: 7,0 (conduziu bem a partida, aplicando bem os cartões)
Assistentes: Hernán Maidana (ARG) e Julio Fernández (ARG)
Árbitro de vídeo: ​Mauro Vigliano (ARG)
Gramado: Bom
Público/renda: 61.202 pagantes/67.664 presentes/R$ 3.992.811,76
Cartões amarelos: Bruno Henrique, Cuéllar e Willian Arão (FLA) e Mejía, Dixon Arroyo, Joel Quintero e Guerrero (EME)
Cartão vermelho: Não houve

GOLS: Gabigol, 9'/1ºT (1-0); e Gabigol, 18'/1ºT (2-0)
PÊNALTIS: Arrascaeta (1-0), Bryan Angulo (1-1), Bruno Henrique (2-1), Cortez (2-2), Renê (3-2), Dixon Arroyo (3-2), Rafinha (4-2) e Queiróz (4-2)

FLAMENGO: Diego Alves, Rafinha, Thuler, Pablo Marí e Renê; Cuéllar, Willian Arão, Gerson (Berrío, 36'/2ºT) e Everton Ribeiro (Arrascaeta, 12'/2ºT); Bruno Henrique e Gabigol (Reinier, 25'/2ºT). Técnico: Jorge Jesus.

EMELEC: Dreer, Caicedo, Jaime (Joel Quintero, 39'/1ºT), Mejía e Bagüí; Dixon Arroyo, Godoy (Cortez, 45'/2ºT), Queiróz e Cabezas; Guerrero (Carabalí, 18'/2ºT) e Bryan Angulo. Técnico: Ismael Rescavo.