Rickson - Botafogo

Rickson é marcado pela polivalência (Foto: Vitor Silva/Botafogo)

LANCE!
15/05/2019
18:12
Rio de Janeiro (RJ)

Mesmo tendo participado de, aproximadamente, cinco minutos, Rickson sentiu o gostinho de como é jogar um clássico no Maracanã e ainda sair com os três pontos. O volante, que substituiu Alex Santana na vitória do Botafogo por 1a 0 contra o Fluminense, no último domingo, falou como foi a sensação de estrear no estádio como profissional e o frio na barriga de entrar no jogo.

- Foi pouco tempo atuando, mas o importante foi que o Barroca confiou em mim naquele momento e acreditou que eu seria a melhor opção para o jogo. Fiquei feliz e valorizo a escolha dele por mim. Sobre atuar no Maracanã, foi uma sensação única e ainda mais vencendo um clássico. Todo jogador sonha em jogar lá e comigo não era diferente - afirmou.

Barroca demonstrou que vem utilizando bastante os jogadores com os quais já trabalhou na base e foi campeão brasileiro em 2016. Ciente do carinho que o treinador tem pelos jovens, Rickson acredita que possa ter mais chances, mas sabe que, se não corresponder, será sacado devido à grande concorrência.

- São muitos jogadores que até pouco tempo estavam na base e hoje estão tendo oportunidades de jogar no profissional, eu sou um deles. Mas quem entrar, se quiser continuar no time, tem que ir bem, porque o elenco é grande e temos jogadores qualificados. Na minha posição tem Alan Santos, Bochecha, Wenderson, Cícero, enfim. Então não basta jogar, tem que agradar o técnico - ponderou.