LANCE!
14/08/2016
18:23
São Paulo (SP)

O período da tarde deste domingo proporcionou, sem dúvida, um dos momentos mais gloriosos para o esporte brasileiro na Rio-2016.  Na prova de solo da ginástica artística, Diego Hypolito e Arthur Nory conquistaram medalhas de prata e bronze, respectivamente, e fizeram a primeira "dobradinha" do país-sede nos Jogos do Rio.

Também vale destacar a vitória da pugilista Adriana Bandeira nas oitavas de final da categoria peso médio (até 75kg). Com o triunfo, a brasileira ficou a apenas uma vitória de garantir ao menos a medalha de bronze.

Confira tudo isso e muito mais no resumo abaixo:

Ginástica artística
Eles não entraram na final do solo da ginástica artística como favoritos, mas surpreenderam a todos e, para alegria geral da nação brasileira, subiram ao pódio: Diego Hypolito e Arthur Nory conquistaram, respectivamente, medalhas de prata e bronze na tarde deste domingo. O ouro ficou com o britânico Max Whitlock. Foi a primeira (e até aqui única) dobradinha brasileira no pódio na Rio-2016.

Ainda vale destacar o ouro de Simone Biles na prova de salta sobre a mesa, poucos minutos depois de os brasileiros subiram no pódio. A estadunidense, que já havia levado outras duas medalhas douradas na Rio-2016, ficou à frente de Maria Paseka, da Rússia, que, conquistou a prata, e de Giulia Steingruber, da Suíça, que ficou com o bronze.

Boxe
Poucas horas após Robson Conceição se classificar para a final na categoria até 60kg do torneio masculino, o Brasil conseguiu uma vitória para lá de importante no torneio feminino de boxe. Pela categoria peso médio (até 75kg), Andreia Bandeira derrotou a panamenha Atheyna Bylon e garantiu vaga nas quartas de final. Assim, fica a uma luta de garantir o bronze, já que a derrota em uma eventual semifinal dá direito ao terceiro lugar no pódio da modalidade.

Vôlei de praia
As brasileiras Larissa e Talita conseguiram uma vitória épica no fim de tarde deste domingo. Elas bateram as suíças Heidrich e Zumkehr por 2 sets a 1 (21-23, 27-25 e 15-13) e agora encaram as alemãs Ludwig e Walkenhorst nas semifinais, na terça-feira à tarde. O destaque do jogo ficou por conta do segundo set: as suíças tiveram três match points, mas as brasileiras viraram e ganharam força para matar a partida no set seguinte.

Luta olímpica
Um acidente para lá de curioso marcou um dos duelos do primeiro dia de luta olímpica na Rio-2016. O japonês Shinobu Ota surpreendeu não apenas ao derrotar o atual campeão olímpico Hamid Mohammad Soryan, do Irá. Ele foi além: derrubou o favorito em uma das televisões de LED que serviam de monitor para o placar do combate. Que prejuízo!

Basquete
Enquanto espera a última e derradeira rodada para saber se avança ou não às quartas de final do torneio masculino de basquete, a Seleção Brasileira vai vendo seu potencial rival do mata-mata fazer bonito na outra chave. Os Estados Unidos, mesmo não empolgando, aplicaram 100 a 97 na França e terminaram a primeira fase com 100% de aproveitamento.

Vale lembrar que, para seguir vivo na competição, o Brasil tem de vencer a Nigéria na próxima segunda-feira e torcer por uma derrota da Espanha diante da Argentina. Nesse cenário, avança em quarto lugar em seu grupo e encara os Estados Unidos nas quartas de final.

Tênis
A multicampeã suíça Martina Hingis, que se tornou a mais jovem número 1 do mundo no tênis em 1997, sucumbiu na tarde deste domingo na final do torneio feminino de duplas. Ao lado da compatriota Timea Bacsinszky, ela foi derrotada para Ekaterina Makarova e Elena Vesnina, da Rússia, por 2 sets a 0, com duplo 6/4, e ficaram com a prata. As russas ficaram com o lugar mais alto do pódio.

Golfe
Modalidade que voltou a ser disputada em Jogos Olímpicos após 112 anos, o golfe conheceu seu vencedor do torneio masculino neste domingo. Trata-se do britânico Justin Rose. O sueco Henrik Stenson ficou com a prata; o estadunidense Matt Kuchar, com o bronze. Único brasileiro a disputar a modalidade, Adilson da Silva terminou a competição na 40ª posição.