om mais de 1400 entradas

Maverick Melo mostra a mão com a qual garantiu a vitória em torneio no H2 Club São Paulo (Divulgação)

LANCE!
09/09/2019
16:32
São Paulo (SP)

A final do Big Chance 150K Garantidos foi realizada domingo (8) no H2 Club. A ação começou com o Dia 1H – Turbo, última chance de classificação e que deu números finais ao torneio: 704 jogadores, 776 recompras e 514 add-ons.

Assim que o Dia Final foi iniciado a organização divulgou a premiação, dividida entre os 80 melhores colocados, com R$ 35 mil destinados ao campeão. A bolha da premiação ficou nas mãos de Andrei Fernandes, que anunciou all in com AQ e encontrou Flavio Miaqui com KK pela frente, que segurou.

Leandro Galvão, Mauricio Diaz, Leandro Almeida, Vitor Gushiken, Kevin Iarussi, Kleber Nascimento, Tiago Mariano, José Francisco, Alex Ruiz, Richard Godoy, Luiz Tamalu, David Dayan, João Pinheiro, Daniel Vieira e Paulinho Aroeira foram alguns dos nomes que deixaram a disputa dentro da zona de premiação até que a marca de dez jogadores fosse alcançada. A mesa final foi formada após a eliminação de Renato Sevilha. Com a mesa rodando em fold, ele anunciou all in do Small com JQ e encontrou Cris Coelho com QQ no Big. Norson Saho aparecia como chip leader naquele momento.

A primeira baixa da mesa final foi de Pedro Luiz. Após perder um all in de AK para AA de Nilson Brito que o deixou short stack, ele foi eliminado em seguida por Claudio Zambrano. A oitava colocação ficou com Norson Saho. Apesar de começar a mesa final na liderança, ele acabou perdendo potes importantes e foi eliminado ao perder um all in pre flop de AT para QQ de Claudio Zambrano.

A sétima colocação ficou com Ernest Kajiura. Após o flop A9T, com o 9T de ouros, ele e Cris Coelho se envolveram em all in. Cris abriu J8 de ouros e Ernest AT. Um cinco de ouros já veio no turn completando o flush de Cris, que segurou no river. A sexta colocação ficou com Luiz Carlos Mion, ao ter seu A9 quebrado em all in pre flop pelo A4 de Cris Coelho, que completou um straight no board. A quinta colocação ficou com Nilson Brito, eliminado em all in pre flop onde seu 66 não superou o TT de Alexandre Meyer

Com quatro jogadores na disputa, um acordo foi feito modificando a premiação e diminuindo o pay jump. A bolha dos troféus saiu de um paradão. A ação correu com os quatro jogadores na mão até o river com o board 23Q T 4, quando apenas Claudio e Maverick acabaram se envolvendo em all in. Claudio apresentou um A5 para um straight e viu Maverick abrir um 56 para um straight maior, puxando um grande pote e disparando na liderança no início do 3-handed.

O jogo com três jogadores seguiu praticamente dois blinds, com Alexandre e Cris conseguindo dobrar seus stacks contra Maverick. O heads up foi formado após Alexandre Meyer ser eliminado em um coin flip onde seu AK não superou o 33 de Cris Coelho. No HU, Cris e Maverick entraram em acordo, dividindo a maior parte da premiação, deixando 10% do total reservado ao campeão – conforme regra da casa para torneio ranqueados – Logo em seguida, os dois jogadores se envolveram em all in pre flop. Cris com 66 e Maverick com K9. O board trouxe T87 K 4 e com par de rei, Maverick venceu a mão e sagrou-se campeão do Big Chance 150K do H2 Club.

Confira abaixo a classificação final da FT: (Baseada nos valores originais)

1 – Maverick Melo – R$ 35.000,00
2 – Cris Coelho – R$ 22.500,00
3 – Alexandre Meyer – R$ 15.250,00
4 – Claudio Zambrano – R$ 11.000,00
5 – Nilson Brito – R$ 8.500,00
6 – Luiz Carlos Mion – R$ 6.500,00
7 – Ernest Kajiura – R$ 4.800,00
8 – Norson Saho – R$ 3.500,00
9 – Pedro Luiz – R$ 2.300,00

* Este conteúdo é produzido em parceria com o SuperPoker