LANCE!
31/10/2019
18:02
São Paulo (SP)

A ADTP (Associação dos Diretores de Torneios de Poker) realizou na semana passada seu 6º evento no WTC Sheraton, em São Paulo, e deu mais um passo na consolidação e padronização das regras para torneios de pôquer em todo o Brasil e América Latina.

Contando com mais de 140 participantes, entre dealers, floors e diretores de torneios de todo o país e do continente, o evento mais uma vez representou um espaço fundamental de debate e aprimoramento das regras e procedimentos em um torneio de pôquer, seguindo o padrão internacional do regulamento da TDA (Tournament Directors Association).

Como é tradição, o encontro foi aberto na manhã da terça-feira pelo presidente da Confederação Brasileira de Texas Hold'em (CBTH), Ueltom Lima, que falou sobre a importância da ADTP no que se propõe e como o debate das regras deve favorecer um pôquer mais divertido e mais prazeroso para os jogadores, sobretudo os iniciantes.

Apresentadas por Devanir Campos, o DC, diretor de torneios do Campeonato Brasileiro de Poker (BSOP), as questões passíveis de mudança no regulamento foram alvo de intenso debate, como por exemplo procedimentos de apostas, penalidades, ajuste de time bank e condutas do dealer no caso de cartas expostas acidentalmente na mesa.

- É muito legal ver esse espaço para debate dos regulamentos do pôquer se fortalecer, com a presença de pessoas de todo o país, interessadas em discutir, aprender e aplicar o que aprenderam em seus clubes, seus torneios e seus estados - afirmou Devanir Campos, diretor de torneios do BSOP. 

- A cada ano essa iniciativa se mostra mais acertada. Prova disso é que tivemos uma diminuição no número de regras editadas na comparação entre a ADTP de 2017 e a de agora - completou. 

No primeiro dia de evento, destaque também para as palestras do empresário Gabriel Castro, da Poker Web, falando sobre seu software que usa tecnologia a serviço do gerenciamento de torneios, e do consultor, professor e especialista em vendas José Ricardo Noronha, que falou sobre como os clubes de pôquer devem lutar para conquistar, surpreender e fidelizar os jogadores a partir da construção de experiências no ambiente do jogo.

No segundo dia, houve revisão das discussões do dia anterior sobre o regulamento e um painel de discussões sobre 'falinhas', premiações e outros assuntos. Depois, seguiu-se uma palestra de Jorge Breda sobre a Liga Online H2 Brasil - braço online do clube H2 - e um workshop de decisões sobre situações complexas. Por fim houve a entrega dos certificados para os participantes.

Neste ano, o evento da ADTP teve o patrocínio de H2Club, Super Poker, Flush Tour, BSOP, Bodog, PokerStars, Poker Web e Real Poker.