Salão do WTC Sheraton durante o main Event do BSOP Millions

Divulgação

LANCE!
10/12/2019
11:15
São Paulo (SP)

A edição 2019 do BSOP Millions, última etapa do Brazilian Series of Poker, mostrou mais uma vez por que o evento é considerado o mais importante do calendário de pôquer latino-americano. A organização aumentou o garantido de R$ 12 milhões para R$ 15 milhões, e os jogadores responderam com uma presença massiva no Golden Hall do WTC Sheraton, em São Paulo.

No total, o BSOP Millions deste ano distribuiu mais de R$ 27 milhões em premiações, recebendo mais de 20.000 entradas em torneios, de acordo com o SuperPoker. O sucesso do Main Event, segundo maior da história da série, ajudou alavancar o número, pagando R$ 9.616.370, bem acima do garantido de R$ 7 milhões.

O Start-Up foi outro torneio que superou facilmente a premiação garantida de R$ 1,5 milhão, premiando R$ 2.357.525. No High Rollers, que possuía o mesmo garantido, o valor foi quase dobrado, chegando a R$ 2.862.990 distribuídos entre os 63 melhores colocados.

A maior forra individual, é claro, foi de Madson Moura, o “Urea”, que faturou a bolada de R$ 1.244.790 pelo título do Main Event, enquanto Diego Beirigo, vice-campeão, levou R$ 840 mil. Para o ano que vem, a festa vai recomeçar em Brasília, cidade que recebeu o circuito pela última vez em 2018.

A primeira etapa do BSOP em 2020 acontecerá na Capital Federal, de 30 de janeiro a 4 de fevereiro, no hotel Royal Tulip Alvorada, e contará com R$ 3 milhões garantidos. Na sequência, de 19 a 24 de março, a série volta para São Paulo, no WTC Sheraton, para a segunda etapa.