Ueltom Lima Poquer

Ueltom Lima, presidente do H2 Club e COO do H2 Brasil, fala sobre a nova Liga H2: 'O jogo não para'  (Divulgação) 

LANCE!
22/07/2019
11:30
São Paulo (SP)

Fazendo jus ao seu lema de #O Jogo Não Para, o H2 Brasil - maior clube de pôquer da América Latina, com unidades em São Paulo, Campinas e Curitiba - acaba de inaugurar um novo capítulo em sua história.

A marca lançou a Liga H2 Brasil, entrando definitivamente no mercado de pôquer online. A partir de agora será possível desfrutar dos torneios do H2 mesmo não estando fisicamente presente em uma de suas unidades.

Para isso, basta baixar o aplicativo UPoker, que já faz muito sucesso entre a comunidade do pôquer mundial e está disponível tanto para Apple como para Android. A partir daí  é só seguir os passos para se registrar, criando um nome de usuário e senha, vincular um email à sua conta UPoker, fazer os trâmites de verificação e entrar no clube virtual para começar a jogar. 

A Liga H2 Brasil está disponível 24x7 (24 horas por dia e sete dias por semana) e nela é possível jogar em até quatro mesas simultaneamente. 

A nova ferramenta tem interface moderna, clean e de ótima navegabilidade.  

Para mais informações sobre a Liga H2 Brasil e saber como se cadastrar, basta clicar aqui
 
Além da novidade, o H2 também anunciou seu garoto-propaganda, o piloto Thiago Camilo, que participa da campanha de lançamento da marca.

- Estou muito feliz em fazer parte deste projeto. Como apaixonado pelo pôquer, será incrível jogar em um clube H2 de qualquer lugar do mundo. Tenho certeza que todos irão gostar também - afirmou Camilo.

- No H2 o jogo não para. Estamos levando o know kow do pôquer para o mundo online com a credibilidade e segurança da nossa marca, além de todos os benefícios do H2 Rewards, o maior programa de recompensas de pôquer na América Latina - diz Ueltom Lima, presidente do H2 Club e COO do H2 Brasil.

Para Jorge Breda, diretor do H2 Online - braço que está cuidando do lançamento da Liga - o H2 marca um novo momento da história recente do esporte no Brasil.

- Percebi o crescimento desse modelo de negócio de clubes em aplicativos enquanto trabalhava em outra plataforma, e, quando recebi o convite do H2, não pensei duas vezes. Sempre foi um sonho trabalhar ao lado desses caras e estamos muito otimistas com o projeto - finalizou Breda.