Pandemia de coronavírus obriga mudanças nas datas de maratonas. (Divulgação)

Pandemia de coronavírus obriga mudanças nas datas de maratonas. (Divulgação)

Iúri Totti
19/03/2020
08:12
Corrida Informa

Como medida preventiva contra a pandemia de coronavírus Covid-19, muitas corridas pelo Brasil e pelo mundo foram suspensas. Duas tradicionais maratonas no Brasil, a de Porto Alegre e de São Paulo, anunciaram novas datas.

A 37ª Maratona de Porto Alegre, que seria no dia 31 de maio, foi transferida para 8 de novembro. Segundo os organizadores, as inscrições realizadas são válidas para a nova data e o percurso do evento segue mantido, com largada acontecendo às 6h. Os postos de hidratação com água será a cada 2km e de isotônico a cada 5km.

A Maratona do Rio também tem nova data. Por causa da pandemia do coronavírus Covid-19, as provas que compõem o evento, que aconteceria entre os dias 13 e 14 de junho, foi remarcada para 11 e 12 de outubro. A decisão de adiar a prova segue a orientação do Ministério da Saúde para os eventos durante o período de quarentena e tem como objetivo preservar, em primeiro lugar, a saúde e o bem-estar de atletas, funcionários, parceiros e da comunidade, bem como antecipar possíveis dificuldades no treinamento que pudessem comprometer a experiência dos inscritos.

A Maratona de São Paulo, que seria no dia 5 de abril, vai acontecer no dia 2 de novembro. De acordo com a Yescom, que organiza a prova, as inscrições já realizadas continuam válidas. O percurso está mantido e a largada, que acontece no Pacaembu, será antecipada.

Por enquanto, ainda não mudaram de datas as maratonas de Florianópolis, em 14 de junho, SP City Marathon, em 26 de julho, Foz do Iguaçu, em 27 de setembro, Curitiba, em 15 de novembro, João Pessoa, em 3 de maio, Niterói, em 17 de maio, Salvador, em 13 de setembro, e Manaus, em 22 de novembro.

No exterior, algumas das principais maratonas já mudaram suas datas. A de Boston, a mais antiga do mundo, que chega a sua 124ª edição, estava marcada para o dia 20 de abril e agora será disputada em 14 de setembro. A de Londres, que seria em 26 de abril, foi transferida para 4 de outubro. A Maratona de Santiago, no Chile, passou do dia 26 de abril para 6 de setembro. Já a Maratona de Lima, marcada inicialmente para o dia 17 de maio, agora será no dia 27 de setembro.

A Maratona de Nova York, uma das mais concorridas do mundo, não sofreu mudanças, por enquanto, em sua data de realização, no dia 1º de novembro. A Maratona de Berlim, palco de vários recordes mundiais, também não anunciou alteração no dia da largada, em 27 de setembro. Outra grande maratona, a de Chicago, está marcada para 11 de outubro.

Das provas que formam a World Majors Marathon, com Tóquio, Boston, Londres, Berlim, Chicago e Nova York, apenas a da capital japonesa foi realizada, no dia 1º de março. Por causa do coronavírus, a organização resolveu que apenas os cerca de 200 corredores de elite participariam da prova, deixando de fora mais de 30 mil amadores.