Vasco x Flamengo Rossi e Rodinei

Rossi desperdiçou uma das cobranças na disputa de pênaltis (Delmiro Junior/Photo Premium/Lancepress!)

Luiza Sá
31/03/2019
18:55
Rio de Janeiro (RJ)

O Vasco era o campeão da Taça Rio até os 47 minutos do segundo tempo. Neste domingo, o Cruz-Maltino e o Flamengo empataram em 1 a 1 pela final da Taça Rio, no Maracanã, e, nos pênaltis, o Rubro-Negro levou o título. Tiago Reis marcou para o clube de São Januário, enquanto Arrascaeta, aos 48 da etapa complementar, deixou tudo igual e levou para os pênaltis.

De forma dolorosa, a equipe comandada por Alberto Valentim perdeu a Taça Rio. Ao todo, o Vasco desperdiçou três pênaltis e viu o Flamengo comemorar a conquista. O LANCE! destaca o que deu certo e errado para o Cruz-Maltino na partida realizada no Maracanã.

Faltou criatividade

Vasco x Flamengo
Vasco chutou pouco (Foto: Marcelo Goncalves/Photo Premium/Lancepress!)

O primeiro tempo foi bastante equilibrado entre as duas equipes. No entanto, foi o Flamengo quem criou as melhores oportunidades, subindo de rendimento nos minutos finais. Do lado do Vasco, a equipe começou com ritmo intenso, mas demorou muito a concluir os promissores contra-ataques que conseguiu e, por isso, não teve boas chances.

A equipe terminou os primeiros 45 minutos com sete finalizações fora do alvo e nenhuma no gol, mesmo com cerca de 54% de posse de bola e mais passes trocados do que o rival.

Substituições por lesão

Vasco x Flamengo Bruno Silva e Arrascaeta
Bruno Silva foi um dos jogadores que saiu por lesão (Foto: Marcelo Goncalves/Photo Premium/Lancepress!)

Com o time titular em campo, o Vasco teve duas substituições forçadas só no primeiro tempo. Logo na parada técnica, o zagueiro e capitão do time, Leandro Castán, sentiu a coxa esquerda e deu lugar ao jovem Ricardo. Nos minutos finais da etapa inicial, Bruno Silva trombou de cabeça com um companheiro, caiu desacordado e precisou sair para a entrada de Raul.

Valentim, com isso, encontrou um sério problema pela frente, já que podia apenas fazer mais uma mudança. A terceira e última aconteceu aos 28 do segundo tempo, quando Bruno César, cansado, saiu para Thiago Galhardo entrar. 

Que estrela!

Vasco x Flamengo Tiago Reis
Tiago Reis marcou (Foto: RAFAEL RIBEIRO / VASCO)

O Vasco voltou atento na segunda etapa e teve duas boas oportunidades antes do menino Tiago Reis colocar a bola no fundo do gol. Em seu quarto jogo como titular, o atacante chegou ao quarto gol após subir de cabeça no escanteio de Danilo Barcelos.

O camisa 27 não vinha aparecendo tanto durante o clássico, muito porque o Vasco apresentava dificuldades em finalizar. Porém, no momento de maior importância e em uma das melhores chances, conseguiu marcar.

Vacilo no fim

Vasco x Flamengo Thuler e Marrony
Clima foi quente em alguns momentos (Foto: Eldio Suzano/Photopress/Lancepress!)

O Vasco melhorou de rendimento no segundo tempo e passou a dar mais trabalho ao Flamengo. Na segunda metade da etapa, porém, o Cruz-Maltino foi apertado pelo rival, que, com o passar do tempo, pressionou mais em busca do gol. Nos minutos finais do duelo, a defesa vascaína sofreu um pane e não viu Arrascaeta subir para cabecear e deixar tudo igual, levando a decisão do título para os pênaltis. 

Faltou pontaria!

Vasco x Flamengo Fernando Miguel
Fernando Miguel defendeu uma cobrança, mas o Vasco desperdiçou três chutes (Foto: Delmiro Junior/Photo Premium/Lancepress!)

Nos pênaltis, Fernando Miguel até conseguiu fazer a defesa na cobrança de Rodinei, mas a pontaria foi inimiga do Vasco. Rossi e Werley bateram para fora, enquanto que Tiago Reis, autor do gol no tempo normal, parou na defesa de César. No fim, vitória do Rubro-Negro por 3 a 1 nos chutes na marca da cal.