Ronaldinho

R10 posando ao lado de uma das obras do artista Camaleão (Foto: Carlos Bandeira de Mello)

Carlos Bandeira de Mello
28/02/2019
17:11
Rio de Janeiro (RJ)

Ronaldinho Gaúcho segue colhendo frutos após o encerramento de sua carreira e sendo retratado em grandes obras. Após entrar na Calçada da Fama no Maracanã, o “Bruxo” inaugurou o seu espaço no estádio, nesta quinta-feira, que será chamado de "Fragmentos de um Gaúcho". Um par de chuteiras, as pegadas registradas no início do ano e uma camisa do Barcelona relembraram um dos melhores momentos dentro de campo.

Além disso, o artista mineiro Camaleão, que fez as obras de arte de Ronaldinho, também esteve presente na cerimônia de apresentação. Ele desenhou 11 quadros do craque, que ficarão expostas no Tour do Maracanã até o dia 10 de março.

- Feliz de voltar ao Maracanã recebendo esse presentão do meu amigo. É difícil até encontrar palavras para descrever essa emoção. Nunca pensei que isso fosse acontecer comigo quando eu parasse. É mais um presente - disse o craque.

- É maravilhoso ser lembrado nesse estádio. É uma das tristezas da época do Flamengo, de não ter jogado no Maracanã. Mesmo assim, ser homenageado é um presente que poucos têm oportunidade. Fico feliz - complementou. 

Ronaldinho
Chuteiras, camisa do Barça e pés no Hall da Fama(Foto: Carlos Bandeira de Mello)

A estação sobre a carreira de Ronaldinho Gaúcho conta com um par de chuteiras usadas pelo jogador, uma camisa do Barcelona e as marcas dos pés do craque. Agora, ele entrou para o seleto grupo que tem o espaço no Maracanã: Pelé, Garrincha e Marta.

O artista Camaleão comentou sobre a inspiração nas obras. Ele destacou que nada foi feito pensando na carreira, mas na criação de lances em que o "Bruxo" poderia fazer dentro de campo. 

- A ideia da exposição foi não focar na história, na carreira, mas sim nos fragmentos do gênio. A primeira coisa que veio foi criar lances que não aconteceram, mas que nos pés do Ronaldo poderiam acontecer - explicou.


No momento em que estava observando as obras de arte pela primeira vez, Ronaldinho ficou impressionado. Ele elogiou o trabalho do artista e até brincou dizendo que não consegue imaginar como ele fez as telas com as mãos. 

- São quadros maravilhosos, emocionante e é até difícil de acreditar que ele fiz isso com a mão. Bom demais... Dever cumprido com sucesso - disse emocionado. 

Ronaldinho Gaúcho soma nove títulos internacionais - sendo os principais Copa do Mundo, Copa das Confederações e Copa América, pela Seleção Brasileira; e Liga dos Campeões, Libertadores e Recopa, pelo Barcelona e Atlético-MG. E seis títulos nacionais: quatro pelo Barcelona, um pelo Milan e a Copa do Brasil pelo Galo.

Ronaldinho
Com sorriso no rosto, R10 elogia trabalho do artista
(Foto: Carlos Bandeira de Mello)