Montagem - Diego Ribas e Cristian Rodriguez

Diego, hoje no Flamengo, e 'Cebolla' Rodríguez, no Peñarol, já foram companheiros na Espanha (Foto: Reprodução)

LANCE!
03/04/2019
12:07
Rio de Janeiro (RJ)

A partida entre Flamengo e Peñarol, do Uruguai, pela Libertadores, na noite desta quarta-feira, vai marcar o reencontro de dois jogadores que já foram companheiros de equipe e disputavam vaga na equipe titular: o brasileiro Diego e o uruguaio Cristian Rodríguez.

Os dois estiveram juntos no Atlético de Madrid, da Espanha, em 2012 e 2014, e fizeram parte do elenco que chegou à final da Liga dos Campeões - o time do técnico Diego Simeone perdeu para o Real Madrid, também da Espanha, na prorrogação.

Juntos, Diego e Cristian Rodríguez estiveram em campo em 10 oportunidades, sendo três pela Liga dos Campeões (contra Milan, da Itália, e duas vezes contra o Barcelona, da Espanha), cinco pelo Campeonato Espanhol (diante do Real Sociedad, Celta de Vigo, Granada, Villareal e Getafe) e mais duas na Copa do Rei (ambas contra o Real Madrid).

Montagem - Diego Ribas e Cristian Rodriguez
(Foto: Reprodução)

Cristian Rodríguez, ou Cebola Rodríguez, começou a carreira no próprio Peñarol e chegou ao Atlético em 2012, após passagem por PSG, da França, Benfica e Porto, de Portugal. Pelo clube da capital espanhola, o uruguaio fez 98 jogos e 5 gols.

Depois, transferiu-se para o Parma, da Itália, Grêmio, Independiente, da Argentina, até o retorno ao Peñarol, em 2017. Até aqui, foram 64 jogos e 30 gols marcados.

Já Diego deu os primeiros passos no Santos, quando fez parte de um time que marcou época na Vila Belmiro. Chegou ao Atlético de Madrid em 2012, depois de defender o Porto, de Portugal, Werder Bremen, da Alemanha, Juventus, da Itália, e Wolfsburg, também da Alemanha. No clube espanhol, teve duas passagens, em 2012 e 2013, tendo voltado ao Wolfsburg em 2013.

Sob o comando de Simeone, foram 62 partidas disputadas e oito gols, sendo um dos mais importantes, nas quartas de final da Liga dos Campeões da temporada 2013/2014, contra o Barcelona.

Diego voltou ao Brasil após 12 anos na Europa, quando acertou com o Flamengo em julho de 2016 - recentemente, renovou até o fim do ano que vem. Com a camisa rubro-negra, até o momento, foram 132 jogos e 37 gols.