Alex Albon (Red Bull) - GP do Brasil

Momento em que Hamilton tenta ultrapassar Albon por dentro e tira o tailandês do traçado (Foto: AFP)

Rodrigo França
18/11/2019
12:59
Especial para o LANCE!

Lewis Hamilton pediu desculpas a Alexander Albon pelo toque nas últimas voltas do Grande Prêmio do Brasil que arruinou as chances do piloto tailandês de conquistar o primeiro pódio na F-1. Albon estava em segundo quando Hamilton entrou por dentro em uma curva do setor intermediário, batendo na traseira direita da Red Bull de Albon, fazendo-o rodar.

O tailandês acabou terminando em 14º.  Já Hamilton finalizou a corrida em terceiro, porém, após o GP, foi punido pelos comissários com 5 segundos de acréscimo em seu tempo, caindo para a sétima colocação.

- Peço desculpas a Albon, a culpa foi minha completamente - disse o hexacampeão logo após a prova, em entrevista a Rubens Barrichello.

Já o piloto da Red Bull explicou o incidente e lamentou a chance perdida, mas reconheceu que Lewis Hamilton o teria ultrapassado de qualquer maneira.

- Eu senti como se tivesse saído da Curva 9 e houvesse uma brecha para Lewis, mas pensei que tudo estava bem.  Daí pensei em fechar um pouco na Curva 10, apenas para garantir que ele não tivesse nenhuma ideia. Mas quando você mergulha, há um ponto cego e você não sabe quão longe ele está ao seu lado - afirmou Albon. 

- Eu achei que ele estava longe o suficiente para que eu desse algum espaço, então não esperava a tentativa. É uma pena. Mas acho que ele teria me ultrapassado de qualquer maneira na curva 1, porque ele obviamente tinha pneus mais novos e estava partindo para cima. 

Albon está agora na oitava posição no campeonato, 11 pontos atrás de Pierre Gasly, da Toro Rosso, de quem herdou a vaga na Red Bull no meio do ano, faltando uma corrida para o fim da temporada.