Bernardo Cruz
23/06/2018
16:00
Enviado especial a São Petersburgo (RUS)

Fala, galera! Nos dois últimos dias acabei ficando um pouco ausente do nosso contato diário. Mas foi por um motivo nobre: uma viagem corrida a São Petersburgo para fazer o jogo do Brasil. A emoção, inevitável de fazer uma partida de seu país em uma Copa, é apenas um pedaço deste relato. O foco principal é o que fiz na segunda cidade que conheci aqui na Rússia.

Apesar da alta demanda de trabalho, consegui ver um pouco da segunda maior cidade da Rússia. E que lugar! Muito bonito, com inúmeras pontes, diversas opções culturais, como o Hermitage, um dos maiores museus de arte do planeta. Além disso, não anoitece lá nesta época do ano, conhecido como noite branca. É curioso!


Já o estádio da cidade, o que custou mais caro neste Mundial, fica no meio de um parque e na beira do Golfo da Finlândia. Venta muito no local o que faz, mesmo no verão, ter a sensação de temperatura fria. O mais curioso, contudo, é que existe neste caminho um parque de diversões com montanhas russas. Evidente que aproveitei a deixa e andei em uma. Foi o maior barato.

O jogo em si foi uma verdadeira festa de brasileiros. Mesmo trabalhando, não tem como ignorar o fato e não aproveitar o clima. A vitória no fim acabou premiando um dia bem corrido. E um detalhe: a ida e a volta foi feita em uma viagem de trem, que vocês em breve acompanharão alguns detalhes no canal do Vivo Futebol. 

Agora estou de volta a Moscou para novas aventuras e ainda mais trabalho. Fiquem tranquilos que neste domingo venho aqui escrever mais um capítulo desta jornada para vocês. Até lá.