Messi - Barcelona x PSV

Pede música! Messi começou a Champions League 2018/2019 marcando três gols (Foto: Reprodução)

Mais Que Um Jogo (MQJ)
18/09/2018
16:32
Rio de Janeiro

Eles entendem de bola na rede. E muito! A lista dos dez maiores artilheiros da história da Champions League é de peso. Quatro integrantes do Top 10 estão em atividade no futebol europeu e prontos para mais uma edição – a fase de grupos começa nesta terça-feira. Cristiano Ronaldo, principal goleador do torneio, ganhou ainda mais evidência por ter ido para a Juventus.

Benzema - Real Madrid x Leganés
Benzema aparece nesta lista seleta (Foto: Gabriel Bouys / AFP)

Os brasileiros, em números de gol, estão longe do Top 10 dos maiores artilheiros da história da Champions League. Kaká, com 30 gols, é o jogador do país que mais balançou as redes no torneio, sendo o 18º no ranking geral. A estatística leva em conta os jogos a partir da fase de grupos da competição desde a temporada 1992/1993, era moderna do principal torneio do futebol europeu.

OS DEZ MAIORES ARTILHEIROS DA CHAMPIONS LEAGUE

1º – Cristiano Ronaldo
Ele é sinônimo de gols na Champions League. Cristiano Ronaldo é o maior artilheiro da história da competição, com 120 gols, sendo 105 deles pelo Real Madrid e 15 pelo Manchester United.

Cristiano Ronaldo na Champions League (com o troféu)
Cinco títulos e sete vezes artilheiros: Cristiano Ronaldo é o cara da Champions League / AFP

2º – Messi
O craque argentino do Barcelona, na última edição, chegou à marca de 100 gols no torneio.

Messi
Messi ficou para trás na disputa com Cristiano Ronaldo (Foto: LLUIS GENE / AFP)

3º – Raúl
Por anos, o ex-atacante espanhol foi o maior artilheiro do torneio. Raúl fez 71 gols pela Champions League, sendo 66 pelo Real Madrid e cinco pelo Schalke 04.

3º) O espanhol Raúl González, outro ídolo do Real Madrid, tem 71 gols. Somente 5 pelo Schalke 04
(Foto: DOMINIQUE FAGET / AFP)

4º – Benzema
O atacante francês do Real Madrid soma 56 gols na competição, sendo 44 pelo clube espanhol e 12 pelo Lyon.

Benzema - Juventus x Real Madrid
Benzema agora mira o Top 3 da artilharia (Foto: Javier Soriano / AFP)

5º – Ruud van Nistelrooy
O ex-atacante holandês também marcou 56 vezes na Champions League. Foram oito gols pelo PSV, 35 pelo Manchester United e 13 pelo Real Madrid.

Nas edições 2001/2002 e 2002/2003 o holandês Ruud van Nistelrooy foi artilheiro pelo Manchester United com 10 e 12 gols, respectivamente
Nistelrooy era uma das armas do Manchester United / (Foto: PAUL BARKER / AFP)

6º – Henry
O ex-atacante francês fez 50 gols no torneio, sendo sete pelo Monaco, 35 pelo Arsenal e oito pelo Barcelona.

2003/2004: Thierry Henry, do Arsenal, com 29 gols levou o prêmio pelo bom desempenho na Inglaterra
Henry cansou de fazer gols pelo Arsenal (Foto: JAVIER SORIANO / AFP)

7º – Ibrahimovic
O craque sueco, atualmente no Los Angeles Galaxy, alcançou a marca de 500 gols na carreira. Ele fez 48 na Champions League, distribuídos assim: seis pelo Ajax, três pela Juventus, seis pela Inter de Milão, quatro pelo Barcelona, nove pelo Milan e 20 pelo Paris Saint-Germain.

Após a Euro, Ibrahimovic  acertou com o primeiro gigante italiano, a Juventus, em 2004
Ibra marcou por seis clubes diferentes  (Foto: PACO SERINELLI/AFP)

8º – Shevchenko
O ex-atacante ucraniano também fez 48 gols no torneio, sendo 29 pelo Milan, quatro pelo Chelsea e 15 pelo Dínamo de Kiev.

Andriy Shevchenko, ucraniano ídolo no Milan, fez nove gols na edição 2005/2006
Shevchenko brilhou na Champions League (Foto: PATRICK HERTZOG / AFP)

9º – Filippo Inzaghi
O ex-atacante fez história no futebol italiano. Inzaghi marcou 46 gols na Champions League, sendo 17 pela Juventus e 29 pelo Milan.

8º) Com 46 gols o primeiro italiano da lista é Filippo Inzaghi, que defendeu Juventus e Milan
(Foto: FILIPPO MONTEFORTE / AFP)

10º – Lewandowski
Outro atleta em atividade no Top 10, o atacante soma 45 gols no torneio, sendo 17 pelo Borussia Dortmund e 28 pelo Bayern de Munique.

Na Alemanha quem reina sozinho é o polonês Robert Lewandowski, do Bayern de Munique, autor de 23 gols
(Foto: JOHN MACDOUGALL / AFP)