Morata - Atlético de Madrid x Villarreal

Acordo com Chelsea prevê mais uma temporada por empréstimo e, em 2020, a compra definitiva - AFP

Mais Que Um Jogo (MQJ)
08/07/2019
12:38
Rio de Janeiro

O Atlético de Madrid anunciou a permanência em definitivo de Morata. O acordo com Chelsea prevê mais uma temporada por empréstimo e, em 2020, a compra do centroavante. O valor da negociação é de 56 milhões de euros (R$ 239 milhões). Desta forma, o espanhol se transforma no terceiro jogador que mais movimentou dinheiro no mercado da bola.
Morata soma cinco transações, que resultaram numa movimentação de 179 milhões de euros (R$ 766 milhões). Ele só fica atrás de Cristiano Ronaldo e de Neymar, líder do mercado da bola.
O Top 10 ainda tem outro atleta brasileiro: Philippe Coutinho. A exemplo do Brasil, a Argentina também tem dois jogadores nesta lista.

Os atletas que mais movimentaram dinheiro no mercado da bola
1º – Neymar
O craque brasileiro já movimentou 310,2 milhões de euros (R$ 1,3 bilhão). Isso em apenas duas transferências, do Santos para o Barcelona, por 88,2 milhões de euros (R$ 377 milhões, na cotação atual), e do Barça para o Paris Saint-Germain, por 222 milhões de euros (R$ 950 milhões, na cotação atual).

Apresentação de Neymar no Barcelona (Foto: Lluis Gene/AFP)
Apresentação de Neymar no Barcelona (Foto: Lluis Gene/AFP)

2º – Cristiano Ronaldo
CR7 movimentou 230 milhões de euros (R$ 985 milhões) no mercado da bola. O Manchester United desembolsou 19 milhões de euros (R$ 81 milhões, na cotação atual), o Real Madrid gastou 94 milhões de euros (R$ 402 milhões, na cotação atual), enquanto a Juventus pagou 117 milhões de euros (R$ 501 milhões, na cotação atual).

Apresentação Cristiano Ronaldo Juventus
Divulgação / Twitter

3º – Morata
O centroavante espanhol, de 26 anos, tem cinco transações na carreira. A Juventus pagou 20 milhões de euros (R$ 85 milhões, na cotação atual) ao Real Madrid. O clube merengue desembolsou 30 milhões de euros (R$ 128 milhões, na cotação atual) para recontratá-lo. Aí o Chelsea pagou 66 milhões de euros (R$ 282 milhões, na cotação atual). Depois, ele foi emprestado ao Atlético de Madrid por 7 milhões de euros (R$ 29 milhões, na cotação atual) e será comprado por 56 milhões de euros (R$ 239 milhões, na cotação atual) na próxima temporada.

Apresentação Morata
(Foto: Reprodução)

3º – Di María
O argentino também movimentou 179 milhões de euros (R$ 766 milhões). O Benfica contratou Di María, junto ao Rosário Central, por 8 milhões de euros (R$ 34 milhões, na cotação atual). O Real Madrid então buscou o argentino por 33 milhões de euros (R$ 141 milhões, na cotação atual). O Manchester United foi lá e pagou 75 milhões de euros (R$ 321 milhões, na cotação atual). O PSG entrou na jogada e desembolsou 63 milhões de euros (R$ 269 milhões, na cotação atual).

Di María - PSG x Napoli
(Foto: Franck Fife / AFP)

5º – Ibrahimovic
O craque sueco movimentou 169,1 milhões de euros (R$ 724 milhões) em sete transações, da seguinte forma: Ajax (7,8 milhões de euros / R$ 33 milhões), Juventus (16 milhões de euros / R$ 68 milhões), Inter de Milão (24,8 milhões de euros / R$ 106 milhões), Barcelona (69,5 milhões de euros / R$ 297 milhões), Milan (30 milhões de euros / R$ 128 milhões, somando empréstimo e aquisição em definitivo) e PSG (21 milhões de euros / R$ 89 milhões).

Ibrahimovic - LA Galaxy
(Foto: Reprodução)

6º – Philippe Coutinho
O brasileiro girou 161,8 milhões de euros (R$ 693 milhões) no mercado da bola. A Inter de Milão contratou Coutinho, junto ao Vasco, por 3,8 milhões de euros (R$ 16 milhões, na cotação atual). Depois, vendeu ao Liverpool por 13 milhões de euros (R$ 55 milhões, na cotação atual). O Barcelona pagou 145 milhões de euros (R$ 621 milhões, na cotação atual) por ele.

Apresentação Philippe Coutinho no Barcelona
AFP

7º – Higuaín
Em cinco transações, o argentino movimentou 159 milhões de euros (R$ 681 milhões). O Real Madrid buscou Higuaín do River Plate por 12 milhões de euros (R$ 51 milhões, na cotação atual). Depois, vendeu para o Napoli por 39 milhões de euros (R$ 167 milhões, na cotação atual). A Juventus pagou 90 milhões de euros (R$ 385 milhões, na cotação atual) por ele. Depois, emprestou ao Milan por 9 milhões de euros (R$ 38 milhões, na cotação atual) e também recebeu 9 milhões de euros (R$ 38 milhões, na cotação atual) pelo empréstimo ao Chelsea.

Higuaín apresentação
(Foto: Reprodução)

8º – James Rodríguez
O colombiano movimentou 140,63 milhões de euros (R$ 602 milhões). O Banfield pagou 280 mil euros (R$ 1,1 milhão, na cotação atual) ao Envigado. Depois, vendeu o atleta para o Porto por 7,35 milhões de euros (R$ 31 milhões, na cotação atual). O Monaco pagou 45 milhões de euros (R$ 192 milhões, na cotação atual) por James e o negociou com o Real Madrid por 75 milhões de euros (R$ 321 milhões, na cotação atual). O empréstimo ao Bayern de Munique custou 13 milhões de euros (R$ 55 milhões, na cotação atual).

Apresentação de James Rodriguez no Real Madrid (Foto: Pierre-Philippe Marcou/ AFP)
Apresentação de James Rodriguez no Real Madrid (Foto: Pierre-Philippe Marcou/ AFP)

9º – Dembélé
Em duas transações, o francês movimentou 140 milhões de euros (R$ 599 milhões). O Borussia Dortmund buscou Dembélé no Rennes por 15 milhões de euros (R$ 64 milhões, na cotação atual). Depois, vendeu ao Barcelona por 125 milhões de euros (R$ 535 milhões, na cotação atual).

Dembele - Barcelona
(Foto: AFP)

10º – Lukaku
O centroavante belga fecha o Top 10 com 138,56 milhões de euros (R$ 593 milhões). O Chelsea contratou Lukaku, junto ao Anderlecht, por 15 milhões de euros (R$ 64 milhões, na cotação atual). Depois, emprestou ao Everton por 3,5 milhões de euros (R$ 14 milhões, na cotação atual) e o vendeu em definitivo por 35,36 milhões de euros (R$ 151 milhões, na cotação atual). O belga foi para o Manchester United por 84,7 milhões de euros (R$ 362 milhões, na cotação atual).

Lukaku - Manchester United
(Foto: AFP)