Malcom - Inter de Milão x Barcelona

Caso se confirme a negociação, Malcom pode ser o jogador mais caro da liga chinesa (Foto: Marco Bertorello / AFP)

Mais Que Um Jogo (MQJ)
18/12/2018
11:25
Rio de Janeiro

O futebol chinês, há pelo menos quatro temporadas, agita o mercado da bola, com transferências milionárias. O roteiro para 2019 pode se repetir. De acordo com jornal com “As”, da Espanha, o Barcelona tem em mãos uma oferta da China de 65 milhões de euros (R$ 286 milhões) pelo brasileiro Malcom.
Um valor que transformaria o atacante no mais caro da Super League.
O mercado chinês é fã de atletas do Brasil, tanto que cinco brasileiros estão no Top 10 dos atletas mais caros da história da liga chinesa, de acordo com dados do site “Transfermarkt”.

OS MAIS CAROS DA CHINA
1º – Oscar
O meia trocou o Chelsea pelo futebol chinês. Na temporada 2016/2017, o Shanghai pagou 60 milhões de euros (R$ 264 milhões, na cotação atual) para contratar Oscar.

Oscar - Chegada na China
(Foto: Reprodução: sina.com)

2º – Hulk
O Shanghai, também na temporada 2016/2017, fez outro movimento de impacto no mercado da bola: pagou 55,8 milhões de euros (R$ 246 milhões, na cotação atual) para contratar Hulk, junto ao Zenit.

O brasileiro Hulk foi para a China por 55,8 milhões de euros
(Foto: AFP/STR)

3º – Paulinho
O brasileiro já é listado como terceiro atleta mais caro da China. O acordo entre Guangzhou Evergrande e Barcelona prevê que o clube chines deve pagar 50 milhões de euros (R$ 220 milhões, na cotação atual) por Paulinho em 2019.

"Uma proposta irrecusável". Foi assim que o Barcelona explicou a venda do meia Paulinho ao Guangzhou Evergrande, da China. A transação chegaria aos 50 milhões de euros, ou cerca de R$ 226 milhões
(Foto: Divulgação)

3º – Alex Teixeira
Na temporada 2015/2016, o Jiangsu tirou Alex Teixeira do Shakhtar Donetsk por 50 milhões de euros (R$ 220 milhões, na cotação atual).

Alex Teixeira (Jiangsu Suning)
AFP

5º – Jackson Martínez
O Guangzhou Evergrande, na temporada 2015/2016, foi buscar o atacante colombiano no Atlético de Madrid e desembolsou 42 milhões de euros (R$ 185 milhões, na cotação atual).

Jackson Martinez
(Foto: Reprodução / Twitter)

6º – Cédric Bakambu
Outro atacante que trocou a Espanha pela China. Na temporada 2017/2018, o Beijing pagou 40 milhões de euros (R$ 176 milhões, na cotação atual) ao Villarreal por Bakambu.

Congo - Cédric Bakambu
(Foto: AFP/FETHI BELAID)

7º – Carrasco
O belga, que disputou a Copa do Mundo, foi para o Dalian Yifang em fevereiro deste ano, deixando o Atlético de Madrid. A transferência custou 30 milhões de euros (R$ 132 milhões, na cotação atual).

Carrasco - Atlético de Madrid
(Foto: Pierre-Philippe Marcou / AFP)

8º – Modeste
O atacante francês deixou a Alemanha – defendia o Colônia – e foi para o Tianjin Quanjian, que pagou 29 milhões de euros (R$ 127 milhões, na cotação atual).

Modeste - Tianjin Quanjian
(Foto: Divulgação / AFC Champions League)

9º – Ramires
A exemplo de Oscar, o volante brasileiro também trocou o Chelsea pelo futebol chinês. Na temporada 2015/2016, o Jiangsu pagou 28 milhões de euros (R$ 123 milhões, na cotação atual) para contratar Ramires.

Ramires deixa a sua marca na China (Foto: Divulgação)
Ramires deixa a sua marca na China (Foto: Divulgação)

10º – Odion Ighalo
O Yatai, na temporada 2016/2017, foi até a Premier League para contratar o centroavante nigeriano – ele defendia o Watford. O valor do negócio foi de 23,3 milhões de euros (R$ 102 milhões, na cotação atual).

Odion Ighalo no Changchun
Divulgação