Lucas Pratto

O atacante Lucas Pratto em seu primeiro dia de treino no River, em janeiro deste ano - Divulgação

Mais Que Um Jogo (MQJ)
05/11/2018
12:19
Rio de Janeiro

Finalista da Libertadores, o River Plate montou um elenco de peso. E um grupo caro. Sete atletas do plantel que eliminou o Grêmio estão entre os mais caros da história do clube.
Esse grupo inclui os dois jogadores que fizeram os gols da virada sobre o Tricolor Gaúcho, na semifinal do torneio.
Armani, Lollo, Zuculini, Rodrigo Mora, Pratto, Borré e Gonzalo Martínez estão no Top 10 dos mais caros do River Plate, de acordo com dados do site “Transfermarkt”, e continuam no elenco do técnico Gallardo.

OS ATLETAS MAIS CAROS DO RIVER PLATE
1º – Lucas Pratto
Em janeiro, o River Plate tirou Pratto do São Paulo, numa operação de 11,5 milhões de euros (R$ 48 milhões, na cotação atual). É o jogador mais caro da história do clube.

2º – Téo Gutiérrez
O centroavante colombiano foi contratado em 2013, junto ao Cruz Azul, do México, por 4,8 milhões de euros (R$ 20 milhões, na cotação atual). Hoje, defende o Junior Barranquilla, da Colômbia.

Teo Gutiérrez
(Foto: AFP)

3º – Gonzalo Pity Martínez
Autor do gol da classificação para a final, Martínez foi contratado em 2015, junto ao Huracán, por 4 milhões de euros (R$ 16 milhões, na cotação atual).

Gonzalo Martinez - River Plate x Gamba Osaka - Copa Suruga (Foto: Jiji Press / AFP)
(Foto: Jiji Press / AFP)

4º – Marco Ruben
Em janeiro de 2007, o River Plate tirou o centroavante do Rosario Central por 3,8 milhões de euros (R$ 16 milhões, na cotação atual). Marco Ruben, atualmente, está no Rosario.

Marco Ruben
Divulgação

5º – Rodrigo Mora
O atacante uruguaio foi contratado em agosto de 2013, junto ao Benfica, por 3,5 milhões de euros (R$ 14 milhões, na cotação atual). Tem contrato com River até 2020.

Rodrigo Mora
Divulgação

6º – Nelson Rivas
O ex-zagueiro colombiano custou 3,5 milhões de euros (R$ 14 milhões, na cotação atual) ao River Plate, em janeiro de 2007. Foi contratado junto ao Deportivo Cali. Depois, o clube argentino o negociou com a Inter de Milão por 7,5 milhões de euros (R$ 31 milhões, na cotação atual).

Nelson Rivas
AFP

7º – Bruno Zuculini
Outro reforço deste ano, o volante foi contratado, junto ao Verona, por 3,25 milhões de euros (R$ 13,6 milhões, na cotação atual).

Bruno Zuculini
Divulgação

8º – Luciano Lollo
O zagueiro chegou ao River Plate em 2016, oriundo do Racing. Custou 3,15 milhões de euros (R$ 13,2 milhões, na cotação atual). Lollo tem contrato até 2020.

Luciano Lollo
Divulgação

9º – Armani
O goleiro também desembarcou em Buenos Aires em janeiro deste ano. Armani, que defendia o Atlético Nacional, da Colômbia, foi contratado por 3,15 milhões de euros (R$ 13,2 milhões, na cotação atual).

Franco Armani - River Plate
AFP

10º – Rafael Borré
Autor do gol de empate contra o Grêmio, o atacante colombiano foi contratado, junto ao Atlético de Madrid, em agosto de 2017 por 3 milhões de euros (R$ 12 milhões, na cotação atual).

Rafael Borré
Divulgação