Arte - Coutinho (Bayern)

O valor pago pelo empréstimo de Coutinho é o décimo mais caro da história do mercado da bola  (Arte: Marcelo Moraes/Lance!)

Mais Que Um Jogo (MQJ)
19/08/2019
14:07
Rio de Janeiro

O Bayern de Munique apresentou, nesta segunda-feira, Philippe Coutinho. O meia-atacante brasileiro foi emprestado pelo Barcelona por uma temporada. O clube alemão pagou 8,5 milhões de euros (R$ 37,6 milhões) pela cessão e colocou Coutinho no Top 10 do mercado da bola neste tipo de operação.
O valor pago pelo empréstimo de Coutinho é o décimo mais caro da história do mercado da bola. O Top 10 tem nomes de peso do futebol, como Mbappé, recordista do assunto, James Rodríguez, Higuaín, Tévez, entre outros.

Os empréstimos mais caros do mercado da bola
1º – Mbappé
O Paris Saint-Germain pagou 45 milhões de euros (R$ 199 milhões, na cotação atual) ao Monaco, na temporada 2017/2018. Mbappé, primeiramente, foi emprestado ao clube e depois negociado em definitivo. O atacante francês “sobra” neste ranking.

Mbappé - Reims x PSG
(Foto: AFP)

2º – Lo Celso
Assim como Coutinho, empréstimo desta janela do mercado da bola. O meia-atacante argentino foi emprestado pelo Betis ao Tottenham por 16 milhões de euros (R$ 70 milhões).

Lo Celso - Tottenham
(Foto: Divulgação/Twitter)

3º – Duván Zapata
Um dos destaques do último Campeonato Italiano, no qual marcou 23 gols e foi vice-artilheiro pelo Atalanta, o centroavante colombiano estava cedido pela Sampdoria. O valor do empréstimo foi de 14 milhões de euros (R$ 61 milhões, na cotação atual).

Sampdoria - Duvan Esteban Zapata
Reprodução / Twitter

4º – James Rodríguez
O Bayern de Munique teve o meia colombiano por empréstimo por duas temporadas – 2017/2018 e 2018/2019. O clube alemão pagou 13 milhões de euros (R$ 57 milhões, na cotação atual) ao Real Madrid.

Bayern Munique x Mainz - James Rodríguez
Christof STACHE / AFP

5º – Tévez
O Manchester United, na temporada 2007/2008, contratou o atacante argentino por empréstimo, junto ao West Ham, e pagou 12,7 milhões de euros (R$ 56 milhões, na cotação atual) pela cessão.

Velho conhecido dos brasileiros, o argentino Carlos Tevez foi emprestado pelo West Ham ao Manchester United por 12,7 milhões de euros
(Foto: FRANCK FIFE / AFP)

6º – Nicolò Barella
O acordo entre Inter de Milão e Cagliari pelo jovem meio-campista italiano, de 22 anos, envolve empréstimo e depois compra obrigatória. Pela primeira opção, a Inter pagou 12 milhões de euros (R$ 53 milhões).

Barella
(Foto: Reprodução)

7º – Mattia Destro
Na temporada 2012/2013, a Roma pagou 11,5 milhões de euros (R$ 50 milhões, na cotação atual) ao Genoa pelo empréstimo do centroavante italiano.

8º – Higuaín
Na última temporada, o atacante argentino foi cedido duas vezes pela Juventus. Na primeira, o Milan pagou 9 milhões de euros (R$ 39 milhões, na cotação atual).

Higuaín Milan
(Foto: Reprodução)

8º – Higuaín
O argentino não ficou muito tempo no Milan e logo foi emprestado novamente. O destino foi o Chelsea, que também pagou 9 milhões de euros (R$ 39 milhões, na cotação atual) à Juventus.

Gonzalo Higuaín
Foto: Adrian Dennis/AFP

10º – Philippe Coutinho
Contratação mais cara da história do Barcelona, o brasileiro não emplacou na Espanha. O Bayern de Munique paga 8,5 milhões de euros (R$ 37,6 milhões) por Coutinho e pode contratá-lo em definitivo por 120 milhões de euros (R$ 531 milhões).

Coutinho - Bayern
Divulgação

10º – Renato Sanches
O Bayern de Munique emprestou o volante português para o Swansea, na temporada 2017/2018, por 8,5 milhões de euros (R$ 37,6 milhões, na cotação atual).

Renato Sanches - Swansea
(Foto: Divulgação/Twitter)