Brasil x Azerbaijão - Vôlei

Brasil não teve boa atuação diante das colombianas (Foto: Divulgação/FIVB)

Web Vôlei
10/08/2019
23:29
Lima (PER)

A Seleção Brasileira Feminina está fora da na final dos Jogos Pan-Americanos de Lima. Em noite histórica da Colômbia neste sábado, o time do técnico José Roberto Guimarães foi derrotado por 3 sets a 2, de virada – parciais de 22-25, 25-27, 25-14, 28-26, 15-10, pela semifinal da competição.

O adversário do Brasil, neste domingo, pela disputa do bronze, sairá do perdedor do confronto entre Argentina e República Dominicana, que se enfrentam ainda neste sábado. A Colômbia disputa o ouro com o vencedor do duelo.

A Colômbia chega a final do Pan-Americano pela primeira vez na sua história, fruto do belo trabalho feito pelo técnico brasileiro Antônio Rizola, que assumiu a seleção no final de 2017 com o sonho de conquistar uma vaga olímpica.

Zé Roberto começou, contra as colombianas, com o mesmo time que terminou em quadra na vitória por 3 sets a 0 sobre os Estados Unidos, na última sexta-feira, com a oposta Paula Borgo improvisada como ponteira no lugar de Lana. O time titular foi: Macrís, Lorenne, Paula Borgo, Maira, Mara, Lara e Natinha (líbero). Entraram: Juma, Tainara, Mayany e Lana.

Lorenne começou a sentir dores no joelho a partir do terceiro set, quando a Colômbia venceu por 25 a 14, e passou a ser menos acionada por Macrís, dificultando a virada de bola da Seleção. A bola rápida de Macrís com a Lara funcionou bem, mas precisava do passe para continuar acontecendo. Paula jogou bem até o segundo set. Depois, caiu de produção, assim como todo o time, ficando no bloqueio adversário.

Virada

No quarto set, o Brasil chegou a estar vencendo por 17 a 12, depois 21 a 17, mas permitiu a virada das rivais, que tiveram o set point em 24 a 23 e tornou o final da parcial dramático. A Seleção verde-amarela retomou a vantagem e teve mais duas chances de fechar o jogo, mas não conseguiu colocar a bola no chão.

O time colombiano se mostrou muito valente, dono de um fundo de quadra eficiente e virando as bolas de segurança com as ponteiras Maria Martinez e Amanda Cuneo. Nesse ritmo, empatou a partida em 2 a 2, levando a decisão para o tie-break.

No quinto set, as colombianas abriram logo 4 a 1, após erros de ataque de Paula Borgo e Lorenne. O Brasil não conseguia colocar as bolas no chão nem com as ponteiras nem com Lorenne. A Colômbia, ao contrário, fazia a festa pelas pontas com Martinez e Coneo. A recepção do Brasil foi mal e, perdendo por 9 a 4, sem passe e com Lorenne com problemas, ficou difícil esboçar uma reação.

Pontuadoras
Lorenne foi a maior pontuadora do Brasil, com 20 pontos, seguida por Paula Borgo, com 19, Lara 13, Mara 13, Maira 3, Macrís 4, Tainara 3, Mayany 2, Lana 2

Pela Colômbia, Maria Martinez e Amanda Coneo marcaram 27 pontos cada uma. A oposta Dayana Segovia, que defendeu o São Caetano na última temporada, marcou 15.