Vasco x Avaí - Vanderlei Luxemburgo

Luxemburgo em ação como treinador do Vasco (Foto: MARCELO DE JESUS / RAW-IMAGE)

Luiza Sá
26/07/2019
07:00
Rio de Janeiro (RJ)

Quando Vanderlei Luxemburgo chegou ao Vasco, no início de maio, o objetivo do presidente Alexandre Campello era ter um treinador experiente e que pudesse blindar o elenco dos vários problemas do clube. Quase três meses depois, a sinceridade na gestão do grupo e na relação com os torcedores conquistou a confiança interna e externa.

Se um dos medos no Vasco era de que Luxemburgo estivesse ultrapassado, os primeiros jogos à frente da equipe mostraram que, mesmo sem abrir mão das antigas convicções, o treinador conseguiu fazer com que todos embarcassem no projeto. Se a relação começou com atrito por conta da reformulação para enxugar o elenco, agora os jogadores parecem viver um mar de rosas com o veterano comandante.

Sinceridade e blindagem

Grêmio x Vasco - Luxemburgo
Luxemburgo, durante o jogo com o Grêmio (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Sem iludir quando diz que o Cruz-Maltino brigará contra o rebaixamento, Luxa ajudou também a diretoria a amenizar o clima interno com os atrasos salariais e a instabilidade política. Os problemas vividos ainda não foram amenizados, no entanto o clima mais leve entre os jogadores é visível. Ele não esconde os objetivos traçados e opta pela sinceridade ao ser questionado nas coletivas. Após a saída de Maxi López, por exemplo, o treinador deixou claro que não estava satisfeito com o jogador.

Treinos abertos e intensos

Luxemburgo Vasco
Luxa pede intensidade no treino (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco.com.br)

Depois de fechar as atividades no CT durante as primeiras semanas, Vanderlei Luxemburgo percebeu que a medida não impediu que informações fossem divulgadas pela imprensa. Com isso, ele abriu as portas para os jornalistas e, inevitavelmente, aproximou a torcida do grupo. A disputa de jogos-treino em São Januário, que contam ainda com transmissão da Vasco TV, reforça esse pensamento.

Luxemburgo adota, nos treinamentos, os coletivos, o uso do campo inteiro e o reforço no aprimoramento dos fundamentos. Além disso, o reforço da parte física vem sendo um foco desde o início do trabalho. As atividades na caixa de areia, por exemplo, acontecem com frequência. Bruno César foi um dos que mais se beneficiou com isso, emagrecendo 3kg.

Clima bom

Luxemburgo - Vasco
Luxemburgo durante jogo-treino do Vasco (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

Em entrevistas e no dia a dia, os jogadores fazem questão de não esconder o quanto o trabalho de Luxemburgo no Vasco vem ajudando na união e na melhora do grupo. Mesmo Bruno César, que foi preterido pelo treinador, já elogiou o comandante. 

- O Luxemburgo tem sido fundamental para nós. Desde que ele chegou, tem mudado muita coisa. A equipe está em uma crescente muito boa. A parada da Copa América foi muito boa, principalmente para unir o grupo. Nossa viagem para Foz d Iguaçu foi fundamental pra isso. Nos fechamos ali, estamos trabalhando muito forte. A comissão tem feito um trabalho muito bom, a equipe está com caixa, estou feliz demais por fazer parte desse momento - disse Leandro Castan após a vitória contra o Fluminense.