Flamengo x San José-BOL

Jogadores do Flamengo comemoram a vitória sobre o San José, no Maracanã (Foto: Alexandre Vidal/ Flamengo)

Matheus Dantas
11/04/2019
23:45
Rio de Janeiro (RJ)

Um, dois, três, quatro, cinco, seis... Não perca a conta, rubro-negro: o Flamengo goleou o San José, da Bolívia, nesta quinta-feira, e deu mais um passo rumo às oitavas de final da Copa Libertadores. Na partida, no Maracanã, Diego, Everton Ribeiro (2), Arrascaeta, Vitinho e Pará fizeram os gols, mas foi uma noite cheia de destaques e, no fim, de festa para os torcedores.

Os meias foram bem, Arrascaeta aproveitou a chance entre os titulares e muito mais. Confira os principais pontos da goleada do Fla sobre o San José abaixo.

INÍCIO ARRASADOR!

Flamengo x San José-BOL
Diego abriu o placar para o Rubro-Negro (F: Carl de Souza/AFP)

O Flamengo começou o jogo em ritmo intenso e, em quatro minutos, parecia ter encaminhado a vitória diante do San José. Foram três lances de perigo: no primeiro, Everton Ribeiro deixou Arrascaeta cara a cara com Lampe, mas o goleiro adversário desviou a finalização do meia uruguaio pela linha de fundo.

Na sequência, Bruno Henrique desviou a cobrança de escanteio e Diego apareceu livre na segunda trave para abrir o placar de cabeça, ainda aos dois minutos de jogo. No ataque seguinte, Bruno Henrique foi derrubado por Toco na entrada da área. Por impedir o contra-ataque, o zagueiro acabou expulso.

SOFRIMENTO DIFÍCIL DE EXPLICAR

Flamengo x San José
Saucedo marcou para o San José no Maracanã (F: Mauro Pimental/AFP)

Neste cenário, o Flamengo diminuiu o ritmo - até demais. O San José, atuando sem responsabilidade por conta da difícil situação na chave, foi aventurando-se no ataque até que empatou com Saucedo. A zaga do Fla foi envolvida no lance. Por outro lado, o time comandado por Abel Braga ameaçou o adversário - quase que exclusivamente - em lances de bola parada ou contra-ataques. 

Apesar de ter ido para o intervalo vencendo - Everton Ribeiro marcou aos 31 -, a equipe ainda foi ameaçada pelo rival, tecnicamente inferior e com um atleta a menos. Diego Alves evitou o segundo gol do San José. Por isso, ouviram-se vaias quando o árbitro encerrou a etapa e o time dirigiu-se para o intervalo.

TRINCA DE MEIAS EM GRANDE NOITE

Flamengo x San José-BOL
Diego comemora o gol que abriu o placar (Foto: Carl de Souza/AFP)

Diego centralizado, Everton Ribeiro pela direita e Arrascaeta aberto na esquerda: foi assim que Abel Braga montou o meio de campo ofensivo do Flamengo e a trinca foi o grande destaque da vitória sobre o San José (BOL). Afinal, foram eles os autores de quatro gols do time - Everton marcou dois.

O reconhecimento veio das arquibancadas. Quando Diego e Everton Ribeiro foram substituídos na etapa final, foram ovacionados pela Nação, assim como Arrascaeta foi ainda antes do jogo, ao ser anunciado entre os titulares no telão.

MAIS UM SHOW DA NAÇÃO!

Flamengo x San José-BOL - Torcida
Torcedores do Flamengo no Maracanã (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)

O Maracanã foi, mais uma vez, palco de um grande espetáculo por parte da torcida. Mais de 64 mil rubro-negros lotaram as arquibancadas, cantaram do início ao fim e, com o apito final, entoaram em bom som: "Festa na favela!".

Este foi o último jogo do Flamengo como mandante na fase de grupos da Copa Libertadores. Avançando para as oitavas de final, o Rubro-Negro voltará a atuar no Maracanã, certamente contando com o apoio da Nação nas arquibancadas.

FLA GARANTE VAGA COM EMPATE EM QUITO

Flamengo x San José-BOL
Dupla se destacou diante do San José (F: Mauro Pimental/AFP)

A vitória sobre o San José deixa o Flamengo a um resultado da classificação para as oitavas de final da Libertadores. Caso não perca para a LDU na próxima rodada, em Quito, o Rubro-Negro terá assegurado o segundo lugar do Grupo D. Isso porque irá a dez pontos - no caso de empate - e 13 pontos - se vencer o duelo no Equador -, sem poder mais ser alcançado pela LDU ou pelo San José.

Pela quinta rodada do Grupo D, a LDU recebe o Flamengo no Estádio Casa Blanca, em Quito. O San José, por sua vez, enfrenta o Peñarol em Oruro. Os confronto ocorrerão de maneira simultânea, no dia 24 de abril, às 21h30.