Marcio Porto
05/09/2018
22:00
São Paulo (SP)

Na  última terça-feira, véspera da partida contra o Ceará, no Castelão, o Corinthians recebeu a visita de Rogério Ceni, ídolo do São Paulo e atual técnico do Fortaleza. O encontro de cortesia acabou se transformando em ironia na noite desta quarta-feira. Com o apoio de sua torcida, o Vozão confirmou a reação no Campeonato Brasileiro e, depois de vencer o Flamengo no Maracanã, bateu o Timão por 2 a 1 com um gol de... goleiro! Fã de Ceni e revelado pelo São Paulo, Everson anotou seu primeiro tento de falta na carreira, abrindo o placar para a vitória cearense. Calyson fez o segundo e Roger descontou para os paulistas. 

A amarga coincidência castigou um Corinthians que não engrena no Brasileiro. Com mais uma derrota sob o comando do técnico Osmar Loss, o Timão chega muito pressionado para o clássico contra o Palmeiras no próximo domingo e a semifinal da Copa do Brasil contra o Flamengo na próxima quarta-feira. Já o Ceará ultrapassa a Chapecoense, que fica na penúltima posição, e chega a 23 pontos na tabela, 18 deles apenas no pós-Copa, sob o comando do técnico Lisca. 

A cobrança perfeita
​Everson vinha dando sinais de sua aptidão para as faltas nas últimas rodadas. Contra o Vasco, em São Januário, a bola passou raspando. Contra o líder São Paulo, no Morumbi, outra vez muito perto. Então não foi surpresa quando ele travessou o campo ainda no primeiro tempo e colocou a bola no ângulo de Walter para fazer 1 a 0. A batida forte premiou o ótimo início do Ceará, que criou ao menos três chances antes dos primeiros 15 minutos. 

Quem retaguarda é essa?
​O Corinthians voltou a sofrer em seu sistema defensivo. Descompactado, deu espaços ao Ceará, que ampliou no início do segundo tempo, quando ainda era melhor. Azar de Danilo Avelar que empurrou a bola para as próprias redes, mas a arbitragem acabou anotando o gol para Calyson, que estava no lance. O técnico Osmar Loss terá de fazer alguma coisa para a equipe se defender de maneira mais sólida, tendo em vista dois jogadores inexperientes na zaga, o lateral-direito Mantuan, de 21 anos, e o zagueiro Léo Santos, de 19. 

A insuficiente melhora corintiana
​Depois do 2 a 0, Loss resolveu mexer no time e deu certo. Mateus Vital entrou no lugar de Douglas e deixou o time mais ofensivo. Romero teve grande chance de cabeça, mas Everson, iluminado, defendeu. Na sequência, Jadson colocou Roger na cara do gol e o centroavante finalizou com precisão. Fez seu quarto gol com a camisa do Timão, o terceiro no Brasileiro. A melhora, porém, não trouxe volume de jogo que pressionasse os donos da casa. Não foi difícil administrar o resultado diante da pouca eficácia corintiana. 

Agenda:
O Ceará agora encara o América-MG no domingo em Belo Horizonte, enquanto o Corinthians visita o rival Palmeiras no Allianz Parque, também no domingo.

FICHA TÉCNICA

CEARÁ 2X1 CORINTHIANS


Local: Arena Castelão, em Fortaleza (CE)
Data: 5/11/18 - às 20h
Árbitro: Rodolpho Toski Marques-PR (Fifa)
Assistentes: Bruno Boschilia-PR (Fifa) e Luciano Roggenbaum-PR
Público/renda: Não disponíveis
Cartões amarelos: Everson, Leandro Carvalho, Richardson e Felipe Jonatan (CEA); Henrique e Douglas (COR);
Cartões vermelhos: -
Gols: Everson, aos 18'/1ºT (1-0); Calyson, aos 11'/2ºT, gol contra (2-0) e Roger, aos 26'/2ºT (2-1)

CEARÁ: Everson, Samuel Xavier, Tiago Alves, Luiz Otávio e Felipe Jonatan; Edinho, Richardson, e Calyson; Leandro Carvalho (Robinho, aos 21'/2ºT), Juninho Quixadá (felipe Azevedo, aos 13'/2ºT) e Arthur (Eduardo Brock, aos 40'/2ºT). Técnico: Lisca

CORINTHIANS: Walter; Mantuan, Léo Santos, Henrique e Danilo Avelar; Ralf (Araos, aos 34'/2ºT) e Douglas (Mateus Vital, aos 18'/2ºT); Pedrinho, Jadson (Matheus Matias, aos 38'/2ºT) e Romero; Roger. Técnico: Osmar Loss.