Velódromo da Rio-2016 (Foto: Renato Sette Camara)

Velódromo da Rio-2016 é uma das obras mais polêmicas para os Jogos (Foto: Renato Sette Camara)

LANCE!
24/03/2016
17:19
São Paulo (SP)

O calendário de eventos-testes para a Olimpíada do Rio de Janeiro, em agosto, sofreu sua primeira baixa. Nesta quinta-feira, o Comitê Organizador dos Jogos confirmou o cancelamento da disputa do ciclismo de pista, que aconteceria entre os dias 30 de abril e 1º de maio.

O motivo do cancelamento foi o atraso de 12 dias na montagem da pista, que se deu devido a um problema logístico do Comitê. A decisão foi tomada em conjunto com o Comitê Olímpico Internacional (COI) e a União Ciclística Internacional (UCI).

Por um atraso na obra do Velódromo, o evento-teste já havia sido adiado. Anteriormente, ele aconteceria entre os dias 18 e 20 de março. Até o momento, nenhum outro teste foi cancelado.

O trabalho de montagem da pista já teve início, mas não ficaria pronto à tempo para a disputa, e o Comitê preferiu não acelerar a obra, a fim de evitar qualquer tipo de erro na colocação das placas de pinho.

Agora, segundo resposta da assessoria do Comitê Rio-2016 à reportagem do LANCE!, o evento não acontecerá mais, mas um período de treinamentos entre 25 e 27 de junho servirá como teste do local para a Olimpíada.

Velódromo da Rio-2016 (Foto: Comitê Rio 2016)
Pista do velódromo está em fase de construção  (Foto: Comitê Rio 2016)

O Velódromo, inclusive, é uma das obras mais atrasadas para a Rio-2016. A entrega do local estava prevista para o quarto trimestre de 2015 e, na última parcial da Prefeitura, a construção mostra atualmente 83% de conclusão.

Outro problema que acometeu a obra foi o pedido de recuperação judicial instaurado pela construtora responsável pela obra, a Tecnosolo Serviços de Engenharia, que recorreu à Justiça para traçar um plano para evitar a falência.