Fellipe Lucena
17/03/2016
23:42
São Paulo (SP)

Cuca sonhava com uma vitória “emblemática” no Parque Central, em Montevidéu, para que o Palmeiras iniciasse sua arrancada na Copa Libertadores, mas estreou com derrota por 1 a 0 para o Nacional (URU), gol de Nico López, e viu o time ficar em situação muito complicada no Grupo 2. Veja toda a repercussão nos vestiários no Uruguai.

O Verdão tem mais dois jogos a disputar, mas será eliminado já na próxima rodada (6/4) se perder para o Rosario Central, na Argentina.

A vitória manteve o Nacional na ponta com oito pontos, seguido pelo Rosario, com sete. O Palmeiras tem apenas quatro, em terceiro, e não fez quase nada para voltar do Uruguai em situação melhor. Veja a classificação.

Mesmo com seis mudanças em relação ao time que Marcelo Oliveira escalou há uma semana na derrota por 2 a 1 para o mesmo Nacional, no Allianz Parque, o Palmeiras apresentou antigos problemas no primeiro tempo e conseguiu a proeza de não dar nenhum chute a gol.

Allione e Dudu até tentavam puxar contra-ataques quando recebiam a bola, mas estavam sempre isolados e logo eram desarmados. Em um desses lances, Allione foi atingido por quatro jogadores diferentes, mas o equatoriano Carlos Vera marcou falta contra os brasileiros. Nico López incomodava não só por sua qualidade, mas também pela catimba, sempre provocando.

Os donos da casa não conseguiram acumular oportunidades, mas passaram os primeiros 45 minutos rondando a área de Fernando Prass. A sensação era de que uma hora ou outra a bola entraria. E entrou aos 5 minutos da etapa final, quando López, sempre ele, aproveitou pane da defesa e falha de Zé Roberto para marcar de cabeça.

Libertadores - Nacional-uru x Palmeiras (foto:PABLO PORCIUNCULA / AFP)
Jogadores do Nacional festejam (foto:PABLO PORCIUNCULA / AFP)

Ironicamente, o Gabriel Jesus havia acabado de perder uma chance na cara do goleiro Conde ao receber de Robinho. Os dois entraram no intervalo nas vagas de Allione e Egídio e até tiveram boas atuações, mas insuficientes até para o empate.

Cuca ainda colocou Barrios no lugar de Gabriel, de volta após sete meses. O time conseguiu criar nos minutos finais, mesmo que insistindo muito pelo alto, mas Alecsandro parou no goleiro na melhor chance.

FICHA TÉCNICA
NACIONAL (URU) 1 X 0 PALMEIRAS

Local: Parque Central, em Montevidéu (URU)
Data-Hora: 17/3/2016 - 21h45 (horário de Brasília)
Árbitro: Carlos Vera (EQU)
Auxiliares: Juan Macias (EQU) e Flavio Nall (EQU)
Público-Renda: Não divulgados
Cartões amarelos: Porras e Nico López (NAC), Lucas, Alecsandro e Arouca (PAL)
Gols: Nico López 5' 2ºT (1-0)

NACIONAL (URU): Esteban Conde, Romero, Victorino, Polenta e Espino; Gonzalo Porras, Felipe Carballo, Kevin Ramírez (Christian Tabó 27' 2ºT) e Leandro Barcia (Matías Cabrera 42' 2ºT); Nico López e Seba Fernández (Eguren 39' 2ºT). Técnico: Gustavo Munúa

PALMEIRAS: Fernando Prass, Lucas, Edu Dracena, Vitor Hugo e Egídio (Robinho - intervalo); Arouca, Gabriel (Lucas Barrios 22' 2ºT), Allione (Gabriel Jesus - intervalo) e Zé Roberto; Alecsandro e Dudu. Técnico: Cuca