Fellipe Lucena
14/08/2016
20:27
São Paulo (SP)

O Dia dos Pais terminou com dois presentes para os palmeirenses: a vitória por 1 a 0 sobre o Atlético-PR, na Arena da Baixada, e a liderança ainda mais folgada do Brasileirão, agora com três pontos de vantagem sobre o vice-líder Santos (39 a 36). Veja a repercussão da partida nos vestiários.

Os heróis do importante triunfo em Curitiba foram dois papais: Vitor Hugo, pai do Pietro, marcou de cabela o gol da vitória, aproveitando escanteio cobrado por Dudu, pai do Cauê e do Pedro Henrique.

O Furacão, que passou todo o primeiro turno invicto como mandante (foram sete vitórias e dois empates), viu a série ser derrubada logo na rodada inaugural do returno e se manteve na sétima posição, com 30 pontos. O resultado ainda destroçou um tabu: o Palmeiras não vencia o Atlético em Curitiba desde 2008, com seis empates e duas derrotas na série.

O gol saiu no fim do primeiro tempo, coroando a superioridade da equipe comandada por Cuca, pai da Mayara e da Natasha. Se Erik e Róger Guedes estivessem tão bem quanto Dudu, o domínio palmeirense poderia até ter resultado em mais gols antes do intervalo, mas faltava clareza para criar chances com a bola no pé. O resultado também poderia ficar mais elástico se o árbitro Jean Pierre Gonçalves Lima tivesse visto que um braço rubro-negro cortou uma cobrança de falta de Dudu, logo no início. Pênalti não marcado.

O jogo ficou mais aberto no segundo tempo. O Atlético-PR, que pouco havia ameaçado no primeiro tempo, exigiu grandes defesas de Jailson em finalizações de Paulo André e André Lima. A entrada de Marcos Guilherme no lugar de Yago deu outra cara ao time de Autuori.

O Verdão também teve suas oportunidades. A melhor delas foi desperdiçada de forma incrível por Róger Guedes, o pai do Ryan, após uma jogada magistral de Moisés, pai da Anna e do Lucca. Jean, pai do Jean Gabriel, também assustou em um chute cruzado pelo lado direito.

A torcida visitante terminou cantando: “Todo o amor que eu sinto por ti eu vou passar pro meu filho!”.

FICHA TÉCNICA
ATLÉTICO-PR 0 X 1 PALMEIRAS
Local: Arena da Baixada, Curitiba (PR)
Data-Hora: 14/8/2016 - 18h30
Árbitro: Jean Pierre Gonçalves Lima (RS)
Auxiliares: Leirson Peng Martins (RS) e Mauricio Coelho Silva Penna (RS)
Público/renda: 23.911 pagantes/R$ 866.100,00
Cartões amarelos: Otávio, Léo, Hernani (APR), Cleiton Xavier, Erik, Thiago Santos (PAL)
Cartões vermelhos: -
Gols: Vitor Hugo (43'/1ºT) (0-1)

ATLÉTICO-PR: Santos; Léo (Matheus Rosseto, aos 26'/1ºT), Paulo André, Thiago Heleno e Sidcley; Otávio, Hernani, Luciano Cabral (André Lima, no intervalo) e Lucas Fernandes; Yago (Marcos Guilherme, aos 27'/2ºT) e Walter. Técnico: Paulo Autuori.

PALMEIRAS: Jailson; Jean, Thiago Martins, Vitor Hugo e Egídio; Thiago Santos, Tchê Tchê e Moisés; Róger Guedes (Cleiton Xavier, 31'/2ºT), Dudu (Rafael Marques, aos 39'/2ºT) e Erik (Fabrício, aos 42'/2ºT). Técnico: Cuca.