Thiago Salata
08/08/2016
07:50
São Paulo (SP)

O Palmeiras voltou a vencer, após três jogos, e recuperou a liderança do Brasileirão, que já tinha sido da equipe por oito rodadas seguidas (nove no total). O Verdão está com as mãos no Troféu Osmar Santos, oferecido pelo LANCE! ao campeão do primeiro turno. Basta que um mineiro ajude nesta segunda, como outro ajudou, e muito, domingo de manhã, no Horto.

Se o Corinthians não vencer o Cruzeiro por três gols de diferença, o Palmeiras ficará com o título simbólico. Ótima situação na tabela, conquistada com a boa atuação na vitória por 2 a 1 sobre o Vitória e com a inacreditável derrota do Santos, antes líder, para o lanterna América.

São 36 pontos palmeirenses, número este que o Timão pode no máximo igualar nesta noite. Já há um campeão de turno com a menor pontuação na história do Brasileirão com 20 clubes (desde 2006). Corinthians e Internacional fecharam a primeira parte do campeonato com 37 em 2011 e 2009, respectivamente.

Todos os outros líderes pontuaram mais (Galo-13 é o recordista, com 43). Aquele Atlético-MG, do hoje palmeirense Cuca, é um dos três clubes que venceram o turno (em 13 edições) e não foram campeões. Vencer o Osmarzão significa, ao longo da história, terminar o ano com a taça ou com vice-campeonato. Em 2016, o “aperto” no topo e o equilíbrio complicam ainda mais as projeções.

O Flamengo venceu confronto direto contra o Atlético-PR e está embalado na briga pelo título. Uma vitória do Galo contra a Chapecoense, nesta segunda-feira, fará a distância do líder para o quinto ficar em três pontos – poderia ser ainda menor se o Grêmio já tivesse seus 19 jogos.

Só em 2011 o líder fechou o turno três pontos à frente do primeiro fora do G4 (Corinthians, 37, e Botafogo, 34). Uma vitória do Timão hoje fará líder e vice-líder terminarem o turno com a mesma pontuação. Só em 2009 isso aconteceu: Inter (1º) e Palmeiras (2º), com 37 pontos.

Todos os times que estão no topo da classificação já vacilaram feio. Todos eles podem ser campeões.

PRIMEIRO TURNO DESDE 2006

2015 - 1º) Corinthians 40 pts / 2º) Atlético-MG 36 pts / distância para o 5º: 9 pts
2014 - 1º) Cruzeiro 43 pts / 2º) São Paulo 36 pts / distância para o 5º: 12 pts
2013 - 1º) Cruzeiro 40 pts / 2º) Botafogo 36 pts / distância para o 5º: 10 pts
2012 - 1º) Atlético-MG 43 pts / 2º) Fluminense 42 pts / distância para o 5º: 12 pts
2011 - 1º) Corinthians 37 pts / 2º) Flamengo 36 pts / distância para o 5º: 3 pts
2010 - 1º) Fluminense 38 pts / 2º) Corinthians 37 pts / distância para o 5º: 7 pts
2009 - 1º) Inter 37 pts / 2º) Palmeiras 37 pts / distância para o 5º:  5 pts
2008 - 1º) Grêmio 41 pts / 2º) Cruzeiro 36 pts / distância para o 5º: 9 pts
2007 - 1º) São Paulo 39 pts / 2º) Botafogo 33 pts / distância para o 5º: 9 pts
2006 - 1º) São Paulo 38 pts / 2º) Inter 34 pts / distância para o 5º: 9 pts