David Nascimento
16/08/2017
12:20
Rio de Janeiro (RJ)

Tudo aconteceu no primeiro jogo da final do Campeonato Carioca Sub-20, entre Vasco e Flamengo, na manhã desta quarta-feira, em Moça Bonita. O Clássico do Milhões terminou com vitória cruz-maltina por 2 a 1 - que leva a vantagem do empate para o jogo da volta. O encontro ocorreu com portões fechados por questões de segurança. Alan fez um golaço, e no fim uma confusão lamentável fez com que Caio Monteiro e Moraes fossem expulsos, um de cada lado.

A partida era de sub-20, mas a qualidade de profissional. Vasco e Flamengo protagonizaram um bom espetáculo em Moça Bonita. Com poucos passes errados e muita movimentação, cruz-maltinos e rubro-negros criaram bastante, acumulando bons volumes de jogo na busca da vantagem para o jogo de volta, marcado para quarta-feira da semana que vem.

O Vasco começou criando e levando maior perigo ao gol adversário. Com jogadores já integrados ao profissional que desceram para o sub-20 especialmente para a decisão do Carioca, como Andrey e Paulo Vitor, o time comandado por Marcus Alexandre foi superior ao Flamengo desde o início. Aos 20 minutos, a primeira chance com Paulo Vitor chutando cruzado.

Com a chuva atrapalhando, a bola passou a ganhar velocidade nas descidas para o ataque. O Vasco tinha como maior defeito em campo as bolas aéreas, e o Flamengo foi rápido para perceber e aproveitar. Aos 25, Lucas Silva cruzou para Lincoln, que subiu sem marcação e acertou o travessão. Já aos 35, Paulo Vitor colocou o Vasco na frente, passando com facilidade por Klebinho e estufando as redes de Gabriel Batista.

Não demorou muito para o Flamengo empatar. Aos 39, Lincoln subiu mais alto novamente, sem marcação, e cabeceou para o gol, igualando o marcador em 1 a 1 com o Vasco. João Pedro tentou defender, mas sem sucesso. Partida foi com o empate para o intervalo, levando bastante expectativa para os 45 minutos finais.


E as expectativas foram confirmadas. Aos 1 e 3 minutos do segundo tempo, o Vasco teve duas grandes oportunidades de chegar ao segundo gol, mas ambas foram desperdiçadas. Na primeira, Evander achou Alan, que mandou de cabeça e o goleiro Gabriel Batista evitou o gol. Já na segunda, foi André que evitou o gol cruz-maltino em finalização de Evander.

Aos seis minutos, um golaço. Alan, do Vasco, pegou a bola no meio de campo e passou por todo o setor de ataque, driblando com facilidade os jogadores do Flamengo. André chegou a sofrer um drible da vaca antes do lateral-esquerdo cruz-maltino mandar com categoria para o gol. Vasco na frente por 2 a 1.

Tudo se encaminhava para um Clássico dos Milhões tranquilo, mas uma grande confusão no fim prejudicou a imagem do clássico entre Vasco e Flamengo. Jogadores cruz-maltinos e rubro-negros brigaram em campo, precisando do auxílio do policiamento no estádio para apartar. Caio Monteiro, do Vasco, e Moraes, do Flamengo, foram expulsos pelo lance. Para o jogo de volta, que a paz predomine em campo e fora dele. Violência não está com nada.

FICHA TÉCNICA
VASCO 2 X 1 FLAMENGO


Estádio: Moça Bonita, no Rio de Janeiro (RJ)
Data/hora: 16/8/2017 - 10h (de Brasília)
Árbitro: Wellington Mendonça de Mello (RJ)
Auxiliares: André Roberto Smith Silveira (RJ) e Wallace Muller Barros Santos (RJ)
Renda/público: Portões fechados
Cartões amarelos: Andrey, Ulisses, Evander (VAS) e Bernardo, Vinicius Souza, Bill, Moraes (FLA)
Cartões vermelhos: Caio Monteiro 55'/2ºT (VAS) e Moraes 55'/2ºT (FLA)

GOLS: Paulo Vitor 35'/1ºT (1-0), Lincoln 39'/1ºT (1-1) e Alan 6'/2ºT (2-1)

VASCO: João Pedro, Rafael França (Rodrigo 39'/2ºT), Ulisses, Ricardo e Alan; Andrey, Bruno Cosendey, Dudu (Caio Monteiro 14'/2ºT), Evander e Robinho (Luan 29'/2ºT); Paulo Vitor. Técnico: Marcus Alexandre.

FLAMENGO: Gabriel Batista; Klebinho, Bernardo, André e Moraes; Vinicius Souza, Jean Lucas, Lucas Silva, Luiz Henrique (Bill 18'/2ºT) e Gabriel Silva; Lincoln (João Pedro 40'/2ºT). Técnico: Marcio Torres.

placeholder