Bruno César Vasco

Bruno César mostra crescimento (Foto: Rafael Ribeiro/Vasco)

LANCE!
19/03/2019
08:00
Rio de Janeiro (RJ)

Bruno César chegou ao Rio de Janeiro como a principal contratação do Vasco para a temporada. Com passagens recentes pela Europa, a natural expectativa pelo atleta era que ele assumisse o protagonismo e fosse uma das referências do Cruz-Maltino. O meio-campista, porém, chegou ao time fora de forma, mas, aos poucos, vem mostrando que pode cumprir com esses objetivos.

O atleta ainda busca ritmo de jogo porque não jogou muito na atual temporada europeia, quando defendia o Sporting-POR. Bruno César sofreu um entorse no joelho direito em março de 2018 e só retornou aos gramados em outubro, participando de poucos minutos pelos Leões.

Por isso, apesar de estar sendo relacionado para os jogos de Sporting antes de acertar a saída da equipe portuguesa, o meio-campista chegou ao Vasco ainda longe do ideal físico. Consequentemente, não entrou no time titular de Alberto Valentim com rapidez e, aos poucos, vem reencontrando o ritmo de jogo e, por consequência, se destacando nas quatro linhas.

Apesar da derrota diante da Cabofriense, no último domingo, Bruno César foi um dos jogadores do Cruz-Maltino que tiveram uma atuação positiva. Entre o centro e o lado esquerdo do meio-campo, o camisa 10 foi responsável por articular e organizar as jogadas, e o fez com um bom aproveitamento. De acordo com o "Footstats", o meio-campista acertou cinco lançamentos e deu seis passes para finalizações. 

Esses números mostram que Bruno César foi o responsável por criar a maioria de chances de gol do Vasco, que teve volume ofensivo, mas pecou nas finalizações e viu a Cabofriense aproveitar as oportunidades que teve e, assim, dar um fim à sequência invicta do Cruz-Maltino em 2019.

Mesmo com o resultado negativo, o duelo contra a Cabofriense pode ser bom para o futuro do Vasco na temporada. Foi a primeira vez que Bruno César jogou 90 minutos esse ano, o que prova que o meio-campista está recuperando o ideal físico. Além disso, o camisa 10 também mostra habilidade e qualidade nos passes em campo. No fim, que sai vencendo é o Vasco.