Jana Lee

Jana Lee fala sobre sucesso do mercado fitness (Divulgação)

Vida e Tal
24/02/2021
07:46
Rio de Janeiro 

O mercado fitness é um dos mais rentáveis da atualidade. De acordo com levantamento realizado pela International Health, Racquet & Sportsclub Association (IHRSA) a projeção de lucratividade cresce a uma média anual de 8,7% no mundo. Não é de se espantar que a moda ligada à atividade também se aproveite do potencial de vendas que o mercado impulsiona. 

A estilista Jana Lee aponta que o setor de vestuário esportivo é tão popular, que se tornou um estilo de vestimenta que ultrapassa os ambientes de musculação e esportes. Prova disso é a estimativa de crescimento do ramo de roupas esportivas, que segundo a especialista em moda, deve atingir US$ 207,79 bilhões em todo o mundo até 2025 — aumento de 2% ao ano, aproximadamente.  

- Grande parte do sucesso desse mercado vem da conscientização quanto aos cuidados com o corpo, não apenas com relação à estética, mas aos ganhos de saúde que eles condicionam. Por ser uma atividade que trabalha a autoestima, o exercício físico também desperta o desejo de estar bem vestido para atividade. Sem contar que, quando o esporte  faz parte de uma parcela significativa da vida dessa pessoa, a tendência é que a moda fitness seja seu estilo de imagem, o que faz o indivíduo adaptar essas roupas para outros âmbitos de sua vida - disse.  

A estilista explica que a fusão das roupas de academia para o dia a dia vem, justamente, o conceito de praticidade e conforto que elas proporcionam. Apesar de especialistas atribuírem o surgimento do estilo esportivo ao século XXI, Jana Lee analisa que a adaptação veio ainda no século passado, com auge dos anos 80 e 90. 

- O uso das famosas jaquetas varsity, camisas de futebol americano e adoção de regatas esportivas à rotina foram impulsionadas pelo movimento do rap no início dos anos 90. Da mesma forma, é possível relacionar a estética skatista à moda esportiva que prevaleceu na primeira década do século. Os tênis elaborados para serem resistentes à prática são hoje conhecidos pela casualidade que proporcionam, à exemplo de modelos da Vans, Adidas e Nike - comenta Jana.  

É claro para a estilista que a moda fitness não se trata apenas de trajes relacionados à prática de exercícios, mas a todo conceito que essa forma de se vestir trouxe para as combinações diárias. Fato é que, por exemplo, ao longo de 2015 o estilo denominado athleisure — athlete (atleta) + leisure (lazer) — ganhou espaço em as vitrines, contas do Instagram de celebridades influentes e principalmente passarelas.  

- Para observar a lucratividade crescente de marcas relacionada a esse estilo, basta apenas observar o sucesso que coleções pautadas nesse estilo tais qual fez Kanye West com sua linha Yeezy - exemplifica.