Pjanic

Pjanic acabou de trocar a Juve pelo Barça (AFP)

LANCE!
25/09/2020
08:10
Rio de Janeiro

O Campeonato Italiano 2020/21 mal começou, tem time que sequer estreou, mas a competição já está pronta para realizar o seu primeiro grande clássico da temporada. Neste domingo, às 15h45 (horário de Brasília), o Olímpico recebe Roma e Juventus, pela 2ª rodada do Calcio, um clássico nacional dos maiores que a Itália possui.

Ao longo de quase um século de história, são muitos os momentos marcantes para ambos os lados. Disputa de títulos, rivalidade e personagens históricos escrevem os capítulos deste confronto. E por falar em protagonistas, existem aqueles que já defenderam os dois lados da moeda. Abaixo, vamos relembrar quem são eles e suas passagens por Roma e Juventus.

Miralem Pjanic
O mais recente e, provavelmente, mais marcante desta lista é Miralem Pjanic, bósnio que acabou de trocar a Juventus pelo Barcelona. Boas temporadas no Lyon o fizeram ser contratado pela Roma em 2011/12, onde rapidamente se destacou e virou uma liderança no time da capital, chegando, inclusive, a usar a braçadeira de capitão. Após cinco anos, optou por mudar para Turim, onde também escreveu uma passagem de sucesso. Na Velha Senhora, Pjanic foi tetracampeão Italiano, bicampeão da Copa da Itália e campeão da Supercopa da Itália.

Zbigniew Boniek
Desconhecido para muitos desta geração, o polonês Zbigniew Boniek é importante na história de Juventus e Roma e passou seis anos escrevendo essa história. Na primeira metade, defendeu a Juve, de 1982 a 1985, período de maior sucesso. Terceiro melhor do mundo de 82, conquistou o Campeonato Italiano, Copa da Itália, Liga dos Campeões e Supercopa da UEFA. Depois, de 85 a 88, o atacante vestiu as cores da Roma, onde também levantou a taça da Copa da Itália.

Daniel Fonseca
Nos anos 90, Daniel Fonseca passou pelo futebol italiano e defendeu, entre outros, Roma e Juventus (mais uma vez, trocou imediatamente um pelo outro, assim como os dois anteriores). O centroavante uruguaio atuou primeiro pela Roma, uma passagem boa, mas que não lhe rendeu nenhuma conquista. Na Juve, atuou menos, marcou menos, mas comemorou três títulos (Campeonato Italiano, Supercopa da Itália e da extinta Taça Intertoto da UEFA, destinada a clubes que não se classificaram para Liga dos Campeões e Liga Europa).

Mirko Vucinic
Para os mais novos, Mirko Vucinic deve ser um nome familiar dessa lista. O atacante montenegrino atuou pela Juventus até 2013/2014. Durante os três anos em Turim, venceu três vezes o Calcio e duas vezes a Copa da Itália. Antes, no entanto, também teve anos de sucesso na Roma (ficou de 2006 a 2011), onde foi campeão da Copa da Itália e bicampeão da Supercopa da Itália.

Dani Osvaldo
O argentino Dani Osvaldo fecha a nossa lista de hoje. O artilheiro chegou à Roma em 2011 e por lá ficou até 2013. A boa média de gols na Itália o fez ser contratado pelo Southampton, onde também começou bem. Confusões o fizeram ser emprestado para a Juventus, mas na Juve não repetiu o sucesso que fez em sua primeira passagem pelo país. Apesar disso, sagrou-se campeão italiano e da Supercopa da Itália.