The last of us

(Reprodução)

LANCE!
05/05/2020
13:18
Rio de Janeiro (RJ)

No mês passado, um grupo de pessoas vazou vídeos e o roteiro completo de The Last of Us: Part II. Diante da profundidade do conteúdo, iniciaram-se especulações de que alguém de dentro da Naughty Dog, desenvolvedora do game, teria soltado as informações como vingança por cortes relacionados à COVID-19. Contudo, agora a Sony descartou essa possibilidade.

Leia mais: The Last of Us Part II | Detalhes e até cenas de gameplay vazam na internet

Em resposta ao Polygon, a empresa informou que já sabe quem foram os autores (ênfase para o plural) dos vazamentos, mas que ainda não pode nomear os culpados. Contudo, reforça que não se trata de ninguém de dentro da Naughty Dog nem da própria Sony.

-
Baixe nosso aplicativo para iOS e Android e acompanhe em seu smartphone as principais notícias de tecnologia em tempo real.
-

“A Sony Entertainment Electronic [SIE] identificou os principais indivíduos responsáveis pela divulgação não-autorizada de conteúdos de The Last of Us. Eles não estão ligados à Naughy Dog ou à SIE. Ainda não podemos comentar mais sobre isso, pois a informação ainda está sob investigação”, disse a companhia em nota.

O dado corrobora com outra divulgação do jornalista Jason Schreier, da Bloomberg. Ele disse ter conversado com duas pessoas próximas ao desenvolvimento, que afirmaram que não foram ex-funcionários da Naughty Dog os responsáveis pela divulgação.

“OK: Depois de conversar com duas pessoas que sabem exatamente como The Last of Us: Part II foi vazado além de alguns empregados da Nautghy Dog, tenho uma boa ideia do que rolou. Resumidamente: hackers encontraram uma falha de segurança em um patch de um jogo antigo da Naughty Dog e usaram isso para acessar servidores da empresa”, informou o jornalista no Twitter.

“Eu acho que as imagens vazadas são de desenvolvedores jogando uma build antiga (não assisti). Mais importante, os rumores de que este foi um ato de protesto de alguém cujo salário foi cortado não é verdade. (A Naughty Dog, na verdade, aumentou o pagamento e benefícios com saúde por conta da COVID)”, completou.

O Canaltech entrou em contato com a Sony no Brasil para confirmar esta segunda informação e aguarda resposta.

The Last of Us: Part II é exclusivo para PlayStation 4 e está agendado para 19 de junho, após uma sequência de adiamentos por problemas de distribuição.

Leia a matéria no Canaltech.