Messi no Barcelona em 2005

Messi deu assistência para o primeiro gol do Barça, marcado por Eto'o (Foto: AFP)

Igor Galletti*
27/02/2019
13:20
Barcelona (ESP)

Messi é, naturalmente, o principal destaque do Barcelona. Capitão e líder de números na temporada, o argentino tem um importante desafio, nesta quarta-feira, pelo jogo de volta da semifinal da Copa do Rei. O adversário? O principal rival da equipe: o Real Madrid.

Acostumado a bons desempenhos contra os Merengues, o LANCE! relembra a primeira partida em que Messi foi titular contra o Real. Na temporada 2005/06, pela 12ª rodada do Espanhol, o Barcelona venceu, por 3 a 0, com um show de Ronaldinho Gaúcho, que saiu aplaudido do Bernabéu. Vanderlei Luxemburgo comandava Ronaldo Fenômeno, Zidane, Beckham e companhia pelo lado madrilenho.

FICHA

Messi tinha 18 anos quando deu seu primeiro show contra o Real Madrid. Foi no empate por 3 a 3 pelo Campeonato Espanhol da temporada 2006/2007. O time catalão era dirigido pelo holandês Frank Rijkaard
Estreia foi na temporada de 2005/06 (Foto: Lluis Gene / AFP)

A estreia de Messi como titular contra o Real Madrid foi no dia 19 de novembro de 2005, pela 12ª rodada do Campeonato Espanhol. A partida terminou em 3 a 0, com dois gols (e show) de Ronaldinho Gaúcho (leia mais abaixo) e Eto'o. Messi jogou 70 minutos e foi substituído por Iniesta.

A ASSISTÊNCIA

Messi no Barcelona em 2005
Messi deu sua segunda assistência naa carreira no Barça (Foto: AFP)

O argentino, usando a camisa 20, teve boa participação e movimentação. Logo no início, carregou a bola na intermediária, bem ao seu estilo, driblou o marcador, mas foi interrompido por Eto'o, que recuperou a posse e chutou sem chances para Casillas. O drible contou como uma assistência. Esse foi o seu segundo passe para gol no Barcelona. Hoje em dia, já são 247.

IMPORTÂNCIA

31/10/2006 - Barcelona 2 x 2 Chelsea
Deco era um dos jogadores da equipe (Foto: Divulgação)

O Barcelona terminou campeão daquela edição, com 82 pontos conquistados, que incluíram 25 vitórias, sete empates e seis derrotas. Na rodada anterior a partida, porém, o Osasuna liderava a competição, com 24 pontos e uma vitória faria com que o Barça assumisse a liderança.

O SHOW DO BRUXO

Ronaldinho- Barcelona 4x1 Udinese - 2005/2006
R10 foi aplaudido de pé pela torcida do Real (Foto: Cesar Rangel / AFP)

Líder do Barcelona na época, Ronaldinho Gaúcho vivia uma de suas melhores fases da carreira. Naquela noite, o brasileiro deu um show. Marcou dois golaços, que deixaram os defensores do Real Madrid no chão e Casillas sem poder de reação. No fim da partida, o craque foi aplaudido, de pé, pelos próprios torcedores do Real Madrid, algo que, até hoje, ainda não aconteceu com Messi.

RONALDINHO SOBRE O JOGO

2004 - Ronaldinho Gaúcho (Barcelona/Brasil)
Ronaldinho relembrou, dez anos depois da partida, o fantástico desempenho (Foto: Andreu Dalmau / Arquivo Lance!)

– Lembro de tudo perfeitamente, das jogadas, dos dribles, das finalizações... Tive a felicidade de marcar dois gols, de ser aplaudido no Bernabéu. Um jogo histórico e tenho isso muito vivo na minha memória. Vêm momentos maravilhosos. Foi um jogo que entrou para a história e é sempre uma alegria recordar – afirmou à Barça TV, em 2015, dez anos depois da partida

LUXA

Luxemburgo - Real Madrid - 2005
Luxemburgo como treinador do Real Madrid (Foto: Divulgação)

Vanderlei Luxemburgo foi contratado pelo Real Madrid, no fim de 2004, após conquistar o Brasileirão com o Santos, o seu quinto da carreira. Luxa não teve uma passagem sem título nos Merengues e deixou o clube após 45 jogos, com 28 vitórias, sete empates e dez derrotas. O brasileiro comandava os Merengues na estreia de Messi como titular contra o principal rival. Foi demitido menos de um mês depois da derrota.

OS CRAQUES

Ronaldo, Zidane e Beckham - Futebol - Goal 2: Vivendo um sonho
Messi estreou como titular contra os Galáticos (Foto: Reprodução)

Entre os grandes jogadores presentes, destaque para Roberto Carlos, Sergio Ramos, Beckham, Zidane, Raúl, Robinho e Ronaldo Fenômeno pelos galáticos do Real Madrid. No Barça, Gio Van Bronckhorst, Edmilson, Deco, Iniesta e Rafael Márquez, além de Ronaldinho Gaúcho e Iniesta. Na reserva, Giuly e Larsson.

PANORAMA VITORIOSO

O Barcelona superou o Arsenal por 2 a 1 e foi campeão em 2006. Belletti fez um dos gols
O Barça foi campeão da Liga dos Campeões naquela temporada (Foto: Lluis Gene / AFP)

No fim daquela temporada (2005/06), Messi participou de, ao todo, de 25 jogos, com oito gols e quatro assistências. O Barcelona terminou campeão da Liga dos Campeões e do Campeonato Espanhol, em um ano que entrou para a história do clube.

* Sob a supervisão de Leonardo Martins