Pedro do Fluminense

O passo a passo da volta de Pedro ao Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON / FLUMINENSE F.C.)

Marcello Neves
16/04/2019
06:00
Rio de Janeiro (RJ) 

Ele está de volta. Quase oito meses após lesionar o joelho, Pedro, enfim, está próximo do retorno aos gramados. A tendência é que nesta quarta-feira, contra o Santa Cruz, no Maracanã, pelo de jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil, o camisa 9 seja relacionado pelo técnico Fernando Diniz. Recuperado, o atacante tem treinado com bola desde o dia 4 de março e se juntou ao elenco no dia 30. O LANCE! mostra o passo da recuperação do atleta. Confira! 

A LESÃO

Pedro - Cruzeiro x Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Fernando Michel)

Pedro lesionou o joelho direito contra o Cruzeiro em 25 de agosto, pelo Campeonato Brasileiro. A lesão ocorreu em um lance sozinho aos 46 minutos da partida, quando tentou dominar a bola na lateral da grande área e torceu o local ao pisar no chão. Na ocasião, ele foi substituído por Kayke. Inicialmente, foi constatado um estiramento no ligamento do joelho do atacante e determinou o seu corte após convocação para a Seleção Brasileira para amistosos. 

A OPERAÇÃO

Pedro - Cruzeiro x Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Fernando Michel)

Em 21 de setembro de 2018, a cirurgia no joelho de Pedro foi um sucesso. Além da recuperação do ligamento cruzado anterior do joelho direito do jogador, foi corrigida uma falha no menisco que, segundo os médicos tricolores, não afetaria a recuperação - prevista para durar entre seis e oito meses. No mais, o procedimento durou cerca de 2h20.

FISIOTERAPIA EM CASA

Pedro faz fisioterapia - Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

 Após receber alta do hospital, o atacante deu início às sessões de fisioterapia no joelho direito no dia 6 de outubro. Nilton Petrone, o Filé, fisioterapeuta do clube, passou a ir até a residência do jogador para aplicar o tratamento. A fase teve duração de duas semanas até que o camisa 9 pudesse realizar o tratamento direto do CT. 

PRIMEIRA VEZ NO CT

Pedro no CT do Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC) 

Pedro voltou a aparecer no CT Pedro Antonio no dia 16 de outubro. O atacante começou a segunda fase de seu processo de recuperação da lesão ao intensificar o tratamento. Sua ida ao CTPA passou a ser diária e ele passou a ser acompanhado por Filé, mas agora com o auxilio de toda equipe médica e com a estrutura que o clube dispõe. 

LIBERADO PARA CORRER

Pedro - Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense FC)

O atacante Pedro deu um passo importante no processo de recuperação para retornar aos gramados. Depois de uma nova reavaliação, o médico Luiz Antonio Vieira Martins, responsável pela cirurgia no joelho direito, liberou o jogador para correr no campo no dia 20 de fevereiro. Desta forma, o centroavante iniciou a transição da fisioterapia para a preparação física, a última etapa antes de ficar à disposição do técnico Fernando Diniz.

TRABALHOS COM BOLA

Pedro - Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: Lucas Merçon/Fluminense)

O atacante Pedro voltou a treinar com a bola no CT Pedro Antonio no dia 4 de março. O avanço no tratamento foi revelado através de fotos oficiais do clube divulgadas. O cronograma da recuperação do atacante seguia como planejado pela equipe médica, mas o atleta ainda não estava treinando normalmente junto aos demais companheiros.

LIBERADO PARA TREINOS

Laís e Pedro - Fluminense
A volta de Pedro ao Fluminense (Foto: LUCAS MERÇON/FLUMINENSE)

Pedro, enfim, voltou a treinar juntamente com os companheiros no dia 30 de março. Ele recebeu alta do departamento médico seis após a cirurgia no joelho direito e passou a ficar a disposição do técnico Fernando Diniz. Então, foi questão de tempo para adquirir a parte física e o condicionamento físico para atuar pelo Fluminense. 

- Feliz demais por saber que todo esforço e sacrifício valeram a pena. Só tenho a agradecer a todo departamento médico do Fluminense, em especial a fisioterapia: Filé (Nilton Petrone), Felipe Bastos, Caio Sauro, Roberto Tupinambá e Chester (Luis Augusto Ferreira - enfermeiro do clube). Estou muito feliz e creio que vou voltar ainda mais forte para dar alegrias para a torcida Tricolor - disse, ao site oficial do Fluminense.