Gerson - Fiorentina

Gerson é o novo reforço do Flamengo e tem contrato até 2023 (Foto: Divulgação/Fiorentina)

LANCE!
12/07/2019
17:04
Rio de Janeiro (RJ)

O futebol é dinâmico e a vida de jogador não foge da regra. Muitos atletas são vendidos por clubes brasileiros e por ventura não conseguem se destacar no futebol europeu. Por conta disso, o caminho mais comum é o empréstimo a algum clube para que consiga desenvolver seu futebol. Ou até mesmo fecha com uma equipe brasileira para recuperar auto-estima. 

Com isso, acontecem algumas transferências em que o jogador volta para o seu país, de onde havia sido poucos meses atrás. O LANCE! mostra para você alguns jogadores que saíram do Brasil para a Europa e que retornaram para o país pouco tempo depois. Confira!

FELIPE VIZEU

Felipe Vizeu na chegada a Porto Alegre
Atacante em sua chegada ao Grêmio (Foto: Tadeu Vilani/Agência RBS)

Vendido pelo Flamengo ao Udinese-ITA, o atacante deixou o Rubro-Negro na parada para a Copa do Mundo rumo ao país europeu. Ficou na equipe por apenas seis meses e retornou para o Brasil neste mês para assinar com o Grêmio. 

Pela Udinese, Vizeu entrou em campo em apenas cinco oportunidades e não marcou gols. Já pelo Flamengo, o atacante jogou 75 partidas e balançou as redes 20 vezes. Recentemente, o jogador terá que passar por uma artroscopia no joelho esquerdo. 

RIBAMAR

Ribamar
Ribamar posa com camisa do Vasco (Foto: Carlos Gregório Jr/Vasco)

O atacante Ribamar é bem conhecido do futebol carioca. Revelado pelo Botafogo em 2016, o jogador foi vendido ao 1860 Munique em julho do mesmo ano. Após passagem apagada, foi comprado pelo Athletico Paranaense em 2017 onde ficou até julho de 2018, quando foi vendido pelo Pyramids.

Entretanto, Ribamar não conseguiu uma boa sequência no clube egípcio e após um empréstimo ao Ohod Al-Medina, foi emprestado ao Vasco da Gama neste ano para ficar no Cruzmaltino durante os próximos dois anos. 

THIAGO NEVES

Em 2008, o Fluminense goleou o Flamengo por 4 a 1, com direito a três gols de Thiago Neves. Na época, a 'Dança do Créu' era sensação e o artilheiro da noite não perdoou os rivais
Thiago foi o craque do Flu em 2008 (Foto: Reprodução)

Craque do Fluminense na Libertadores de 2008, Thiago Neves abriu os olhos do futebol europeu após o grande primeiro semestre daquele ano e foi vendido pelo Flu ao Hamburgo, da Alemanha.

Entretanto, Thiago não conseguiu manter o mesmo nível de atuações na Bundesliga ,e no início de 2009 o Fluminense conseguiu negociar um empréstimo com o clube alemão e o camisa 10 retornou ao Tricolor das Laranjeiras. Atualmente, ele atua pelo Cruzeiro. 

JORGE

Jorge, lateral-esquerdo Santos
Jorge foi contratado pelo Santos no início do ano (Foto: Ivan Storti)

Após uma passagem discreta pelo futebol europeu, o lateral Jorge acertou com o Santos até o final da temporada. Revelado pelo Flamengo, o jogador foi vendido ao Monaco em 2016. O clube francês cedeu o atleta ao Peixe por empréstimo.

Desde que foi vendido, Jorge não conseguiu se firmar no futebol europeu. Foi emprestado para o Porto, onde não teve espaço. No Santos, o jogador só não pôde atuar no Campeonato Paulista.

DIEGO SOUZA

Diego Souza - Flamengo 2005
Jogador virou a casaca e foi para o Fla (Foto: Reprodução)

Destaque do Fluminense no Carioca de 2005 e na Copa do Brasil, onde o Tricolor foi o vice-campeão da competição, Diego Souza, com 20 anos de idade até então, foi vendido ao Benfica, de Portugal, após a decisão do torneio nacional.

Entretanto, sem espaço no Benfica, no mesmo ano o meia retornou ao futebol brasileiro logo para um dos maiores rivais do Tricolor, o Flamengo, que lutava para não cair para segunda divisão, e naquela altura, Diego ajudou o Rubro-Negro a se manter na Série A.

ROBERTO DINAMITE

1984 Roberto Dinamite Vasco
Craque fez história no Vasco (Foto: Divulgação)

Ídolo do Vasco, Roberto Dinamite era um dos maiores jogadores do futebol brasileiro quando foi contratado pelo Barcelona em 1980. O brasileiro chegou para substituir o até então centroavante da equipe, o austríaco Hans Krankl, que tinha discutido com o treinador Ladislao Kubala e foi dispensado.

Mesmo marcando dois gols na sua estreia, Dinamite fez apenas 10 jogos pelo Barcelona. O treinador que havia pedido sua contratação, Joaquín Rife, foi demitido e o seu substituto, Helenio Herrera, não deu muitos minutos em campo. Por isso, logo retornou ao Vasco apenas três meses depois de sua ida ao clube catalão.

ROGER FLORES

Roger Flores - Fluminense
Roger foi destaque no Flu na virada do século (Foto: Lancepress!)

Principal revelação do Fluminense na época em que o clube esteve na terceira divisão do futebol brasileiro, Roger foi o cara do Tricolor por alguns anos e chamou atenção da Europa, tanto que foi vendido ao Benfica em julho de 2000.

Entretanto, o 'Maradoninha', como foi apelidado por Carlos Alberto Parreira, treinador do Fluminense em 1999, retornou ao Tricolor em janeiro de 2001 via empréstimo junto ao clube português.

GERSON

Gerson
Gerson é o novo reforço do Flamengo (Foto: Reprodução)

Tido como uma das maiores promessas da base do Fluminense nos últimos anos, o meia Gérson teve grande destaque em suas primeiras partidas no time profissional do Flu e abriu os olhos dos clubes europeus. Com isso, a Roma conseguiu contratá-lo em 2015.

No entanto, ao chegar no clube italiano, o jogador foi comunicado que seria emprestado ou seria colocado apenas para treinar naquele momento. Com isso, o meia retornou ao Fluminense e ficou no clube que o revelou durante os seis primeiros meses de 2016. Depois, retornou à Itália e foi emprestado novamente, mas para o Fiorentina. Agora, após semana em negociação, Roma e Flamengo se acertaram, e o meia jogará com pelo clube da Gávea até 2023.