Flamengo x Cruzeiro

Bruno Henrique foi o protagonista da vitória sobre o Cruzeiro (Foto: Celso Pupo/Fotoarena)

Sergio Santana
27/04/2019
23:35
Rio de Janeiro (RJ)

O Flamengo iniciou o Campeonato Brasileiro com a vitória sobre o Cruzeiro, um provável concorrente direto pelas primeiras posições da tabela. No Maracanã, a equipe de Abel Braga teve um primeiro tempo irregular, saiu atrás do placar, mas se recuperou na etapa complementar e, com uma boa atuação, bateu a Raposa. O LANCE! destaca pontos do triunfo rubro-negro.

FOCO NA DIREITA

Flamengo x Cruzeiro
Flamengo não jogou bem no primeiro tempo (Foto: Paulo Sergio/Agencia F8)

O sistema ofensivo do Flamengo é, provavelmente, o ponto mais forte da equipe de Abel Braga. O Rubro-Negro possui jogadores que podem desequilibrar uma partida nos dois lados do setor de ataque, mas o comandante, diante do Cruzeiro, resolveu insistir apenas no flanco direito, com Pará, Willian Arão e Gabriel aparecendo com frequência nas jogadas.

A medida não deu certo. O primeiro tempo, etapa na qual o Flamengo atacou praticamente apenas pela direita, foi pouco criativo e teve uma atuação irregular. Na etapa complementar, porém, o Rubro-Negro retornou equilibrando as jogadas nos dois lados e o flanco direito foi importante na criação do segundo gol.

TROCA NÃO É BENÉFICA PARA ALGUNS ATLETAS

Flamengo x Cruzeiro
Arrascaeta não teve boa atuação (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Abel Braga optou por, mais uma vez, iniciar a partida com alguns jogadores atuando fora das posições usuais. Gabriel pelo lado direito, Éverton Ribeiro no centro, Arrascaeta caindo pela esquerda e Bruno Henrique sendo o atacante principal.

As mudanças feitas pelo treinador não surtiram o efeito desejado. Pela direita, Gabriel limitou-se demais à marcação e, apesar do gol marcado, ficou preso na marcação. Arrascaeta não apareceu muito no jogo pelo lado esquerdo e os melhores momentos de Éverton Ribeiro foram quando ele se deslocou para outros setores do gramado.

INTENSIDADE É A MARCA

Flamengo x Cruzeiro
Flamengo foi implacável na marcação (Foto: Paulo Sergio/Agencia F8)

Aos poucos, Abel Braga vai conhecendo um novo estilo de jogo ao Flamengo: a marcação em alta intensidade no meio-campo. A atuação ofensiva pode ter sido irregular em certos momentos da partida, mas o meio-campo, diante do forte setor do Cruzeiro, teve desempenho positivo.

Este fator vem se tornando uma faceta usual do Flamengo de Abel Braga. Incomodar o adversário no campo de defesa, roubar a bola e a, partir disso, sair em contra-ataque. Desta maneira, o Rubro-Negro conseguiu criar duas oportunidades que resultaram na expulsão de Murilo, zagueiro da Raposa.

JOGADOR DE JOGOS GRANDES

Flamengo x Cruzeiro
Bruno Henrique marcou dois gols (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Bruno Henrique vem assumindo o posto de protagonista do Flamengo. Mais do que isto, o camisa 27 mostra que gosta de assumir este papel em ocasiões especiais: os jogos contra equipes grandes. Famoso por ter marcado gols em todos os clássicos, o atacante expandiu a marca para times de expressão nacional.

Os números não mentem: Bruno Henrique é essencial ao Flamengo. Contra o Cruzeiro, atuando como centroavante, dois gols e a responsabilidade pela primeira vitória no Campeonato Brasileiro. Ao todo, são 17 partidas e 11 gols pelo Rubro-Negro.

PERSONALIDADE

Flamengo x Cruzeiro
Flamengo começou o Brasileirão com o pé direito (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Após sair derrotado de um jogo importante pela Libertadores e ter, durante a semana, mais um duelo pela competição internacional, Abel Braga bancou a escalação com força máxima contra o Cruzeiro. A medida, no fim, parece que será benéfica, já que o resultado positivo pelo Brasileirão pode elevar a moral da equipe.

O Flamengo parece ter começado a encarar, de vez, o primeiro 'teste de fogo' na temporada, com a sequência de final do Carioca, jogos finais da fase de grupos da Libertadores e com duelos diante de Cruzeiro, São Paulo e Internacional de forma seguida no Brasileirão. No Maracanã, a atuação no segundo tempo mostrou que o Rubro-Negro possui forças para encarar estas partidas.