Goiás x Flamengo

Willian Arão conduz a bola no Serra Dourada: empate com o Goiás em 2 a 2 (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

LANCE!
31/10/2019
23:01
Goiânia (GO)

O empate em 2 a 2 entre Goiás e Flamengo, no Serra Dourada, nesta quinta. Se no primeiro tempo faltou emoção, sobrou depois do intervalo, com quatro gols, expulsão e bonita festa das duas torcidas nas arquibancadas. O destaque negativo ficou por conta da arbitragem de Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG).

O Flamengo, por vezes, deu a impressão de que resolveria a parada quando quisesse - para desespero de Jorge Jesus - e acabou vacilando no final do jogo, 

O Rubro-Negro saiu na frente com Gabigol e Rodrigo Caio, com o Esmeraldino chegando ao empate com gols dos atacantes Rafael Moura e Michael. Confira destaques da partida no Serra Dourada, pela 29ª rodada do Brasileirão, abaixo!

MUDANÇAS COM EXPLICAÇÕES

Goiás x Flamengo
Filipe Luís foi outra vez titular (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

A entrada de César no lugar de Diego Alves, lesionado, já era esperada, mas o Flamengo começou a partida no Serra Dourada sem outros dois titulares: Gerson e Rafinha. As opções de Jorge Jesus passam pela questão físicas - o meia atuou nos últimos 24 jogos do time até esta quinta, enquanto o lateral, aos 34 anos, havia iniciado oito dos últimos 10 compromissos do Rubro-Negro.

Antes do apito inicial, o português deu maiores explicações para as mudanças. Rafinha e Gerson estavam pendurados com dois cartões amarelos, assim como Willian Arão e Gabigol, titulares nesta quinta. Assim, Jesus optou por não entrar com quatro pendurados para a equipe não perder agressividade na marcação.

PRIMEIRO TEMPO DEVAGAR...

Goiás x Flamengo
Arão atuou desta vez ao lado de Piris (F: Alexandre Vidal / Flamengo)

O péssimo gramado do Serra Dourada ajuda a explicar a primeira etapa sem emoção. As condições do campo tiraram velocidade do jogo, mas o Flamengo, com mais posse de bola, errou mais do que o normal. Arrascaeta e Everton Ribeiro não foram bem, enquanto a entrada de Piris no lugar de Gerson prejudicou a saída de bola. Assim, só na bola áerea, com Pablo Marí, que a equipe de Jorge Jesus ameaçou o Goiás antes do intervalo, com bola na trave.

A estratégia do Goiás estava clara desde o início: aguardar um erro do rival e aproveitar a velocidade Michael para contra-atacar. O veloz atacante se posicionou pelo lado esquerdo, aproveitando os espaços dados por Rodinei,

... SEGUNDO TEMPO LOUCO!

Goiás x Flamengo
Rodrigo Caio fez o segundo gol (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Raras no primeiro tempo, as chances de gol apareceram logo após o intervalo para o Flamengo, que, aos 17 minutos, fazia 2 a 0 com Gabigol e Rodrigo Caio. Como meio de campo não funcionou, o time ia resolvendo na bola parada: os dois gols saíram após cobranças de escanteio, ponto forte do time do Mister.

A reação do Goiás aconteceu por onde todos já esperavam: Michael fez boa jogada pela esquerda e cruzou para Rafael Moura diminuir. Os mandantes se animaram ainda quando César foi expulso, após saír mal da área e chutar o adversário. Então, aos 49, Michael foi lançado pela direita, invadiu a área,  deslocou Gabriel Batista, que havia entrado há minutos, e deixou tudo igual. 

ARBITRAGEM CONFUSA!

Ricardo Marques Ribeiro
Ricardo Marques Ribeiro foi o árbitro do jogo (Foto:Reprodução)

O empate em 2 a 2 entre Goiás e Flamengo, no Serra Dourada, acabou com a arbitragem questionada por conta de lances capitais - o que não chega a ser uma novidade envolvendo o árbitro Ricardo Marques Ribeiro (Fifa/MG). No lance da expulsão de César, o juiz demorou mais do que o necessário, indo à cabine do VAR para revisar lance claro de expulsão, em que ele havia dado cartão amarelo para o goleiro.No gol de empate de Michael, aos 49 da etapa final, o árbitro ignorou falta de Rafael Moura em Filipe Luís na origem do lance.

VANTAGEM CAI PARA OITO PONTOS

Jorge Jesus - Arena da Baixada
Jorge Jesus no comando do Fla (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

Com o empate diante do Goiás, o Flamengo viu o vice-líder Palmeiras encurtar a distância para 8 pontos. O Rubro-Negro tem 68, enquanto o Verdão tem 60. Em terceiro lugar está o Santos, que venceu na rodada e alcançou 55 pontos.

Na próxima rodada, o Flamengo receberá o Corinthians, domingo, no Rio de Janeiro. O Palmeiras, por sua vez, recebe o Ceará, no sábado em São Paulo, enquanto Santos enfrenta o Botafogo, também no domingo, na Vila Belmiro.

GABIGOL ALCANÇA GRANDES MARCAS!

Goiás x Flamengo - Gabigol
Gabigol em ação no Serra Dourada (Foto: Alexandre Vidal / Flamengo)

O gol marcado no Serra Dourada foi o 36º de Gabriel Barbosa em 2019, o que deixa o atacante ao lado de Hernane, que fez a mesma quantidade em 2013. Em uma única temporada, são os maiores artilheiros do Flamengo desde 1999, quando Romário balançou as redes adversárias 48 vezes pelo Rubro-Negro.

O 36º gol também coloca Gabriel Barbosa entre os dez maiores artilheiros do clubes neste século, atrás de Renato Abreu (73), Obina e Léo Moura (47), Hernane (45), Edílson (44), Guerrero (43), Everton Cardoso (39) e Diego (38). Adriano, o Imperador, também tem 36 gols pelo Rubro-Negro neste século.