David Nascimento e Russel Dias
01/07/2016
06:00
Rio de Janeiro (RJ)

Depois de dois meses no mercado, enfim o Vasco está perto de encerrar a busca por um centroavante. Após a saída de Riascos, em maio, Grafite, Luís Fabiano e Gilberto foram alvos, mas é Leandro Damião que está para ser o reforço. Expectativa entre os envolvidos na negociação é o de que o caso seja resolvido até a segunda-feira.

Leandro Damião tem contrato com o Santos por mais dois anos e meio, mas em acordo com os paulistas, pode defender outro clube nos próximos 12 meses, o qual bem entender. O centroavante ficou livre nesta sexta-feira – até quinta, tinha vínculo com o Bétis, da Espanha, onde quase não atuou –, e a partir de agora definirá seu futuro rapidamente.

Decisão final do futuro está nas mãos de Leandro Damião.
Partes envolvidas já acordaram valores

Além do Vasco, outros clubes fizeram propostas por Leandro Damião, algumas até financeiramente melhores, mas o centroavante olha a do time de São Januário com carinho. Chegaria para ser titular, podendo recuperar o seu futebol com maior facilidade. Tanto que chegou a um consenso nos vencimentos – R$ 300 mil, o teto do clube e o mesmo valor que Nenê recebe.

Outro ponto que contribui a favor do Vasco é a amizade do presidente Eurico Miranda com o mandatário do Santos, Modesto Roma Júnior. Apesar de o Peixe não poder interferir nas conversas pelo acordo que tem com Leandro Damião, o liberando automaticamente por mais 12 meses, pode influenciar na decisão do atleta com os rivais.

Caso acerte com o Vasco, Leandro Damião assumirá a camisa 9 e dividirá a estrela da equipe ao lado do camisa 10 Nenê. Dará uma maior experiência ao ataque, o que faz falta atualmente com Leandrão ou Thalles na posição. Ao LANCE!, o empresário de Damião, Vinicius Prates, afirmou na quinta que não comentaria o caso porque o vínculo com o Bétis ainda estava vigente.