Bernardo Cruz
07/09/2016
00:30
Rio de Janeiro (RJ) 

A Seleção Brasileira derrotou a Colômbia por 2 a 1 e deixou Tite com 100% de aproveitamento neste início de trabalho. E Neymar foi, mais uma vez, o principal protagonista da equipe. Ele teve como grandes coadjuvantes Casemiro, Miranda e Philippe Coutinho. Confira as atuações: 

BRASIL

6,0
ALISSON

O goleiro brasileiro quase não foi exigido pelo ataque colombiano. Não teve culpa no gol do adversário.

5,5
DANIEL ALVES

Apareceu no ataque, mas foi pouco efetivo no momento dos cruzamentos. Na defesa, deixou alguns espaços.

7,0
MIRANDA

Ótima antecipação no lance em que marcou seu primeiro gol com a camisa da Seleção. Foi firme e sério na marcação.

6,0
MARQUINHOS

Fez um corte providencial no primeiro tempo, mas acabou sendo infeliz na jogada em que marcou contra para a Colômbia.

6,5
MARCELO

Novamente deu uma boa dinâmica para o ataque, com velocidade e tabelas. Na defesa, pecou em alguns momentos.

7,0
CASEMIRO

Tomou conta da posição de primeiro volante. Foi preciso nos desarmes e e muito bem na marcação.

6,5
RENATO AUGUSTO

Ficou concentrado mais na opção tática e apareceu menos no ataque. Mesmo assim foi importante para o triunfo.

5,5
PAULINHO

Levou um cartão amarelo bobo que o fez ficar suspenso do próximo jogo (contra a Bolívia, em Natal). No geral, fez uma partida correta e sem brilho.

5,0
WILLIAN

Novamente não fez uma boa partida. Apareceu pouco para o jogo. A exceção foi um bom passe para Renato Augusto.

6,5
GABRIEL JESUS

Não teve oportunidades de finalização, mas foi muito bem como pivô e deu trabalho para a defesa colombiana.

7,5
NEYMAR

Cobrou o escanteio no primeiro gol e mostrou categoria ao deixar sua marca. Além disso, infernizou o adversário.

7,0
PHILIPPE COUTINHO

Mais uma vez entrou muito bem. Criou a jogada que garantiu a vitória brasileira e pode ser titular em breve.

6,5
GIULIANO

Conseguiu compor bem o meio de campo e conseguiu ser efetivo quando teve a posse de bola.


TAISON

Entrou no fim.

7,5
TITE

Acertou ao repetir o time da estreia. O Brasil apresentou padrão e foi superior. Foi bem nas trocas.

COLÔMBIA

6,0
OSPINA

Salvou a Colômbia em três oportunidades. Sem culpa nos gols.

4,0
MEDINA 

Levou um baile de Neymar e abusou das faltas.

5,5
ÓSCAR MURILLO

Foi duro em algumas dividias, mas sem ser desleal.

5,5
MURILLO

No mesmo nível do companheiro de zaga.

5,5
DÍAZ 

Foi um pouco mais efetivo em relação a Medina na lateral.

6,5
CARLOS SÁNCHEZ 

Foi firme nos desarmes e participou do lance do gol.

4,5
BARRIOS

Fez algumas faltas desleais que a arbitragem ignorou.

4,5
MACNELLY TORRES

Esteve apagado.

6,0
JAMES RODRIGUEZ 

Cobrou a falta do gol e levou perigo no primeiro tempo. Caiu de produção na etapa final.

6,0
MURIEL

Foi o atacante mais efetivo dos Cafeteros na partida.

4,0
BACCA

Foi facilmente anulado pelo sistema defensivo do Brasil.

6,5
CUADRADO

Sua entrada fez a Colômbia subir de produção na partida.

5,5
MARTÍNEZ

Prendeu a atenção dos zagueiros no fim do jogo.


MARLOS MORENO

Entrou no fim.

5,5
JOSÉ PÉKERMAN

A Colômbia teve dificuldades em surpreender o Brasil. A equipe criou poucas chances de gol.