Steve Hiestand (Foto: Arquivo Pessoal)

Steve Hiestand mora na Suíça desde pequeno, mas nasceu em São Paulo (Foto: Arquivo Pessoal)

LANCE!
22/03/2016
05:55
São Paulo (SP)

Com nome típico de um europeu e morador da cidade suíça de Wädenswil, Steve Hiestand, de 31 anos, poderá classificar-se nesta semana para disputar as provas de remo na Olimpíada Rio-2016 pelo Brasil. E não se trata de mais um atleta estrangeiro que se naturalizou. Apesar de sua história de vida indicar o contrário, ele é, de fato, um brasileiro nato.

Hiestand nasceu em São Paulo em 1984, mas morou na Suíça desde a infância. Filho de pai suíço e mãe brasileira, sua relação com o país de origem sempre foi distante.

O início no remo aconteceu aos 11 anos. Um dos motivos da ligação de Hiestand com a modalidade é o lugar onde mora. Wädenswil fica às margens do Lago Zurique.

Apesar de sua forte conexão com o esporte (disputou até um Ironman em 2011), o remador nunca visou o profissionalismo. Sua meta, pelo contrário, era ajudar outras pessoas a se condicionarem fisicamente, ao abrir em 2009 a empresa Vitality Stream, na área de ciência e medicina esportiva.

O plano de se tornar um atleta olímpico surgiu em 2012, ano dos Jogos de Londres. E, desde então, Hiestand iniciou sua luta.

Em 2014, após mais de duas décadas sem colocar os pés no Brasil, ele visitou o Rio de Janeiro para retomar seu contato com o país.
No ano seguinte, Hiestand já estava na Seleção Brasileira, e competiu no Campeonato Mundial em Aiguebelette, na França, em que ficou na sexta colocação na final C no single skiff, sua especialidade.

Em fevereiro deste ano, ele deu mais um passo rumo ao seu objetivo de disputar a Olimpíada do Rio, ao vencer a seletiva nacional para definir a equipe brasileira para a disputa do Pré-Olímpico das Américas, em Valparaiso, no Chile.
E a próxima etapa, que pode ser a última, começa hoje e irá até quinta-feira no Pré-Olímpico. São seis vagas em jogo no single skiff, e Hiestand terá 17 adversários na competição.

Por dentro do Pré-Olímpico das Américas

Seleção Brasileira
Seis atletas representarão o Brasil no Pré-Olímpico de Valparaíso, no Chile: Fabiana Beltrame (single skiff feminino), Steve Hiestand (single skiff masculino), Vanessa Cozzi/Fernanda Ferreira (double skiff peso leve feminino) e Xavier Magi/Willian Giaretton (double skiff peso leve masculino).

Vagas disponíveis
Serão 18 vagas em jogo para os países das Américas (Canadá e Estados Unidos não terão atletas). São 12 no single skiff (seis para cada naipe) e seis no double skiff peso leve (três para cada naipe).
O Brasil, por ser país-sede da Olimpíada, já tem duas vagas asseguradas nos Jogos no single skiff, uma para cada naipe.