Olimpiadas Londres 1908 (Foto:Reprodução)

Desfile das delegações feito em 1908 é repetido até hoje (Foto:Reprodução)

LANCE!
10/07/2016
08:05
São Paulo (SP)

Os Jogos de 1908 seriam realizados em Roma, capital italiana, mas a erupção do vulcão Vesúvio, em 1906, transferiu o evento para Londres. O governo italiano abriu mão para direcionar os seus recursos financeiros à reconstrução da região afetada pela erupção.

Depois da bagunça nos Jogos de Paris e de Saint Louis, a tradicional organização inglesa foi a marca da Olimpíada londrina, em 1908, a ponto de um manual com as regras de cada modalidade ter sido impresso aos participantes em três idiomas: inglês, alemão e francês.

A pedido do rei Eduardo VII, o percurso da maratona foi ampliado em 2.195 metros para que a família real acompanhasse a largada da prova em sua residência de verão, o Castelo de Windsor. Nas primeiras três edições dos Jogos – Atenas, Paris e Saint Louis –, o percurso da maratona teve 40km, distância original entre o planalto de Maratona e a cidade de Atenas, na Grécia, que inspirou a criação da prova.

A tradição do desfile de abertura com os atletas separados por nações e a exibição de suas bandeiras teve início em Londres-1908. Desde então, o desfile sempre é aberto pela delegação da Grécia, seguido pelas outras nações, por ordem alfabética, em inglês.

O inglês Richard Gunn faturou uma das medalhas de ouro do boxe, em 1908. Ele era considerado tão melhor que os concorrentes, que quando se inscrevia para um torneio os rivais se retiravam.

Com seis meses de duração, a Olimpíada de 1908, em Londres, foi disputada em duas fases: os “Jogos de Verão” reuniram provas do atletismo e da natação, enquanto os “Jogos de Outono” reuniram a patinação no gelo, o futebol e o rúgbi.