Luan e Walace

Luan e Walace foram destaques do Grêmio na conquista da Copa do Brasil (Foto: Rodrigo Fatturi/Grêmio)

RADAR/LANCE!
12/12/2016
16:55
Porto Alegre (RS)

Campeão da Copa do Brasil, o Grêmio passa a ter seus jogadores na mira de outros clubes. De acordo com o vice de futebol do Tricolor, Adalberto Preis, a diretoria gremista dificilmente conseguirá manter Luan e Walace, caso os rumores de propostas do exterior sejam confirmados. 

- Não é segredo para ninguém de que haviam desejos por parte de Luan e Walace. O Grêmio fez um esforço grande para manter os dois até agora. Há rumores que chegarão propostas significativas. Quando digo significativas é porque nem o jogador e nem o clube podem recusar - disse o dirigente, em coletiva neste último domingo, complementando:

- Se isso não se confirmar vamos manter os atletas. Não somos um clube vendedor, mas vivemos em um cenário em que não conseguimos resistir as condições financeiras estrangeiras.

Há rumores de que o Leicester, atual campeão Inglês, esteja interessado em Walace e disposto a pagar £10 milhões (cerca de R$43 milhões) pelo jogador.

Com a permanência da dupla indefinida, o Grêmio também se volta para a renovação do técnico Renato Portaluppi. A situação do treinador, no entanto, não gera tantas preocupações à direção gremista.

- Em relação as negociações com o Renato, já fizemos algumas conversas e na próxima semana vamos começar a tratar os valores - declarou.

Apesar de confirmar que as conversas estão bem adiantas com Portaluppi, Adalberto Preis mantém sigilo no que se refere a negociações com possíveis reforços para 2017.

- Já sabemos o que precisamos, mas não vamos falar em nomes para não atrapalhar em nada. O dinheiro será investido para jogadores que vão assumir a titularidade - completou o vice de futebol. 

Após a conquista da Copa do Brasil e o fim do calendário nacional, a delegação do Grêmio foi liberada para aproveitar as férias. O inícios das atividades para 2017 acontecerão somente em 11 de janeiro, no Centro de Treinamento Luiz Carvalho, em Porto Alegre.