Lisca

Lisca, que conseguiu fazer o Tricolor engrenar na Série B, foi desligado neste sábado. (Irapitan Costa/Paraná)

Guilherme Moreira
02/09/2017
14:16
Curitiba (PR)

Lisca, 44 anos, não é mais o treinador do Paraná. O clube paranaense surpreendeu a todos e anunciou a demissão no final da manhã deste sábado, na véspera do duelo contra o Atlético-MG pela semifinal da Primeira Liga, na Arena Independência, às 19h. O time será comandado pelo auxiliar-técnico Matheus Costa.

Oficialmente, o Tricolor ainda não justificou os motivos para tomar tal decisão. A diretoria só irá se pronunciar sobre o caso em uma coletiva de imprensa na segunda-feira, na Vila Capanema. O treinador também só vai comentar a queda depois que os diretores explanarem a motivação sobre o ocorrido.

A reportagem, entretanto, apurou que inicialmente houve um desentendimento entre a posição sobre a escalação para o duelo diante do Galo. Enquanto a diretoria queria força máxima, o comandante paranista decidiu poupar atletas e indicava uma equipe mista para o duelo deste final de semana.

Já em Belo Horizonte, o caso se agravou. O elenco não treinou para o duelo, conforme o treinador queria, e um grupo de atletas estava na piscina do hotel - Lisca viu e cobrou os demais integrantes da comissão técnica. Pouco depois, 'descontrolado", conforme uma fonte ouvida pelo L!, o técnico foi para cima dos colegas e agrediu o auxiliar-técnico Matheus Costa e o preparador físico Rodrigo Rezende.

Jogadores se meteram na confusão para tentar separar, mas o comandante continuava procurando a agressão. Após o fato, Lisca se desculpou com a diretoria, que entendeu que o correto era demiti-lo. Alguns atletas, indignados com a situação, chegaram a comentar que não entrariam em campo se ele continuasse no cargo.

Contratado em julho, na vaga de Cristian de Souza, Lisca comandou o Tricolor em oito partidas, com quatro vitórias, três empates e uma derrota. O treinador, que vinha sendo o xodó da torcida, pegou a equipe na décima quarta colocação do Campeonato Brasileiro e colocou na briga pelo G4, além de eliminar o Flamengo nas quartas de final da Primeira Liga nos pênaltis. Atualmente, o time é o quinto colocado, a três pontos do grupo que sobe à Série A.

Confira a nota oficial do clube:

"Luiz Carlos de Lorenzi, o Lisca, não é mais técnico do Paraná Clube. O profissional se desligou da delegação do Tricolor, em Belo Horizonte, na manhã deste sábado (02).

O clube está envolvido na decisão de uma vaga à final da Copa da Primeira Liga. No jogo frente ao Atlético Mineiro, às 19h, no estádio Independência, o time será comandado pelo auxiliar-técnico Matheus Costa.

O assunto envolvendo a saída de Lisca só será tratado com a imprensa em entrevista coletiva do presidente Leonardo de Oliveira e do executivo de futebol Rodrigo Pastana na próxima segunda-feira, às 10h, na sala de imprensa Caio Júnior, na Vila Capanema".