LANCE!
27/07/2016
23:38
Erechim (RS)

O Fluminense está nas oitavas de final da Copa do Brasil. Nesta quarta-feira, o time de Levir Culpi venceu o Ypiranga-RS por 2 a 0 no Colosso da Lagoa, em Erechim, e garantiu a classificação no mata-mata nacional. Cícero e Magno Alves foram os autores dos gols do Tricolor das Laranjeiras, que resolveu a parada na segunda etapa da partida, após as substituições feitas pelo técnico.

Agora o clube das Laranjeiras aguarda para conhecer seu próximo adversário no sorteio que será realizado pela CBF na próxima terça-feira, dia 2 de agosto. Antes, o Flu volta as atenções para o Campeonato Brasileiro e enfrenta no domingo a Ponte Preta, no próximo domingo às 11h, no Giulite Coutinho.

O JOGO
A primeira etapa foi do jeito que o Ypiranga desejava. Com a linha de defesa bem postada, o time gaúcho não deu espaços para o adversário. O Tricolor teve a posse de bola, mas não soube o que fazer com ela, abusando das bolas alçadas na área. Com uma escalação conservadora - Douglas, Cícero e Edson iniciaram a partida -, o Fluminense viu o tempo passar sem ameaçar o rival.

Gustavo Scarpa, que voltou a atuar depois de 21 dias, foi o único a criar jogadas de perigo. O camisa 40, que começou o jogo pelo lado direito, levou a bola para o meio e arriscou chute de fora da área, mas Carlão fez boa defesa. Scarpa ainda tentou surpreender em cobrança de escanteio fechada. O camisa 1 do Ypiranga mostrou estar atento e impediu o que seria um gol olímpico. 

Em poucos oportunidades o time mandante ainda soube aproveitar os espaços dados pela defesa do Fluminense, especialmente pelo lado defendido por William Matheus. Na chance mais clara, João Paulo ficou frente a frente com Diego Cavalieri, mas a posição de impedimento já havia sido marcada.

Precisando de um gol para avançar, Levir Culpi abriu mão de Edson e colocou Wellington em campo. O atacante, revelado em Xerém, reestreou pelo clube e mudou o jogo. Veloz e hábil, o camisa 11 fez o que quis com a zaga adversária e só não fez o gol por pouco, finalizando rente à trave ou parando em Carlão.

O Tricolor, de tanto insistir na bola aérea, acabou recompensado. Scarpa cobrou a falta e a zaga afastou. Henrique Dourado, que pouco participou da partida, levantou de novo e encontrou Renato Chaves livre. O zagueiro escorou para Cícero, que completou de pé esquerdo e fez o gol do Tricolor.

Precisando virar o placar para avançar - ou empatar em 1 a 1 para forçar as penalidades -, o Ypiranga abandonou a postura defensiva. De quebra, deu mais espaços ao Fluminense, que soube aproveitar e matou o jogo. Há poucos minutos em campo, Magno Alves recebeu de Scarpa e cabeceou com estilo para fazer 2 a 0 no Colosso da Lagoa e sacramentar a classificação do Flu

FICHA TÉCNICA
YPIRANGA-RS 0 X 2 FLUMINENSE


Data-hora: 27/7/2016, às 21h45
Local: Estádio Colosso da Lagoa, em Erechim (RS)
Árbitro: Marcelo Aparecido de Souza (SP)
Auxiliares: Rogério Pablos Zanardo (SP) e Miguel Cataneo Ribeiro da Costa (SP)
Renda/Público: Ainda não divulgado.
Cartões amarelos: A Maycon e João Paulo (YPI); Renato Chaves (FLU)
Cartão vermelho: A

Gols: Cícero (0-1, 27'/2ºT) e Magno Alves (0-2, 36'/2ºT)

YPIRANGA: Carlão; Marcio, Negretti, Carlão e Sander; Daniel (Jean Paulo, 37'/2ºT), Robson, Túlio Renan (Alemão, 31'/2ºT) e Danilinho (Maycon, 13'/2ºT); Mikael e João Paulo - Técnico: Leocir Dall'Astra

FLUMINENSE: Diego Cavalieri; Wellington Silva, Renato Chaves, Henrique e William Matheus; Douglas, Edson (Wellington, Intervalo) e Cícero; Gustavo Scarpa, Marcos Junior (Dudu, 23'/2ºT); e Henrique Dourado (Magno Alves, 34'/2ºT) - Técnico: Levir Culpi