Pichação na Gávea 2 (Foto: Reprodução/Twitter)

Rodrigo Caetano foi um dos alvos do protesto dos torcedores (Foto: Reprodução/Twitter)

LANCE!
19/05/2016
23:44
Rio de Janeiro (RJ)

Como de costume em tempos de crise no Flamengo, os muros da Gávea foram pichados na noite desta quinta-feira. De acordo com o site Globoesporte.com, os principais alvos do protesto foram os dirigentes Rodrigo Caetano, Flávio Godinho e Fred Luz. Dois homens foram detidos suspeitos de cometerem o ato de vandalismo na sede social do clube.

É provável que novos protestos sejam realizados nesta sexta-feira, novamente na Gávea ou no Ninho do Urubu. Consciente dessa possibilidade, o Flamengo já vem adotando algumas medidas preventivas. Nesta quinta-feira, uma viatura da Polícia Militar ficou estacionada na porta do centro de treinamento de Vargem Grande, a pedido do clube.

O Flamengo entrou em crise, de vez, após a eliminação na Copa do Brasil. O clima não é dos melhores, e mudanças podem ocorrer.