Leandro Damião e Guerrero

Devido à convocação de Guerrero para o Peru, dupla não estará junta na Copa Sul-Americana nesta quarta-feira

RADAR / LANCE!
30/08/2016
07:05
Rio de Janeiro (RJ)

O bom desempenho da dupla Guerrero e Leandro Damião abriu mais uma opção para Zé Ricardo escalar o setor ofensivo do Flamengo. Após a vitória por 3 a 1 do Rubro-Negro sobre a Chapecoense, a entrada de dois centroavantes no ataque (que não acontecerá diante do Figueirense, devido à convocação de Guerrero para a seleção do Peru) foi vista com bons olhos por um ídolo do clube.

Campeão da Libertadores e do Mundial Interclubes de 1981, Raul destaca que o estilo dos centroavantes contribui para uma harmonia na frente:

- São dois estilos diferentes , que impõe respeito. Guerrero é um jogador de extrema habilidade, Damião é um jogador que se movimenta, com presença de área e que ajuda muito quando o time não tem a posse de bola. Ele pode voltar um pouquinho para ajudar na marcação, ele jogou assim no Cruzeiro - afirmou, ao LANCE!.

O ex-goleiro ainda mostrou confiança com relação à sequência da dupla no Brasileirão:

- Eventualmente um jogo pode não acabar sendo como o treinador quer, como a torcida pode vir a esperar mas são dois nomes que podem fazer história no Flamengo.

Setorista de Flamengo no LANCE!, Hugo Mirandela faz ressalvas à manutenção da dupla como titular:

- Com dois centroavantes, o Fla pode perder velocidade na frente e ainda poder de marcação. O técnico Zé Ricardo já disse que dificilmente os dois vão entrar juntos, somente em situações específicas. São dois jogadores de qualidade, podem se encaixar. Mas para isso o time precisa de ajustes e treinamento, o que fica difícil com o calendário apertado do futebol brasileiro.