LANCE!
27/10/2016
07:00
Rio de Janeiro(RJ)

O Flamengo encara o Atlético-MG no sábado, no Mineirão, em jogo decisivo na busca pelo título do Brasileirão. O duelo é uma pedreira para o Rubro-Negro, já que se trata de adversário direto pela taça e está embalado por uma sequência de 12 vitórias seguidas como mandante, um recorde na era dos pontos corridos. No entanto, existem coincidências e motivos para o Fla acreditar na vitória.

No ano passado, o Flamengo foi o responsável por quebrar uma sequência idêntica. Na 35ª rodada do Brasileiro, o Santos, também embalado com 12 vitórias consecutivas em casa, recebeu o Rubro-Negro, na Vila Belmiro, mas parou na defesa flamenguista. O jogo terminou empatado em 0 a 0.

Além disso, o Flamengo tem outro bom motivo para acreditar no triunfo em cima do Galo: o retrospecto contra os mineiros em 2016 é favorável ao Rubro-Negro. Nesta temporada, foram seis jogos e o Fla levou a melhor em todos.

Pela Primeira Liga, o Fla superou o próprio Atlético-MG por 2 a 0, gols de Guerrero, no Mineirão. Pela mesma competição, mais uma vitória, desta vez contra o América-MG, por 1 a 0. Éverton fez de pênalti.

O Brasileirão foi a competição dos últimos quatro confrontos entre o Rubro-Negro e mineiros. Na oitava rodada, diante do Cruzeiro, Réver, de cabeça, fez o seu primeiro gol com a camisa rubro-negra, logo em sua estreia, e garantiu a vitória por 1 a 0.

Na 14ª, a vítima voltou a ser o Atlético-MG, com uma semelhança com o jogo da Primeira Liga: Felipe Vizeu, o centroavante do Flamengo na ocasião, substituindo Guerrero,  fez os dois gols do jogo e o Fla venceu por 2 a 0, em Brasília.

Duas rodadas depois, o Fla bateu o América-MG, em Cariacica, por 2 a 1, e pela primeira vez em 2016, sofreu gol de um time mineiro. Alan Patrick e Guerrero marcaram.

Na 27ª rodada, o Flamengo superou o Cruzeiro, também em Cariacica e pelo placar de 2 a 1. Rafinha, do Cruzeiro, abriu o placar, mas Mancuello e Guerrero viraram para o Flamengo nos minutos finais. 

Em 2009, ano em que conquistou o hexa, nesta altura do campeonato, o Flamengo também estava a seis pontos do Palmeiras, fora até mesmo do
G4. Naquele ano, o Fla venceu o Galo no Mineirão, por 3 a 1, e no final acabou levantando a taça.

Sequência do Santos em 2015 

1- Santos 3 x 0 Figueirense

2 - Santos 2 x 0 Joinville

3- Santos 3 x 0 Coritiba

4- Santos 1 x 0 Vasco

5- Santos 5 x 2 Avaí

6- Santos 3 x 1 Chapecoense

7- Santos 3 x 0 São Paulo

8- Santos 4 x 0 Atlético-MG

9- Santos 3 x 1 Inter

10- Santos 3 x 1 Fluminense

11- Santos 3 x 1 Goiás

12- Santos 2 x 1 Palmeiras

13- Santos 0 x 0 Flamengo

Sequência do Atlético-MG em 2016 

1- Atlético-MG 3 x 0 Ponte Preta

2- Atlético-MG 2 x 1 Corinthians

3- Atlético-MG 5 x 3 Botafogo

4- Atlético-MG 2 x 1 Coritiba

5- Atlético-MG 3 x 0 Santa Cruz

6- Atlético-MG 3 x 1 Chapecoense

7- Atlético-MG 1 x 0 Atlético-PR

8- Atlético-MG 2 x 1 Vitória

9- Atlético-MG 1 x 0 Sport

10- Atlético-MG 3 x 1 Sport

11- Atlético-MG 3 x 0 América-MG

12- Atlético-MG 3 x 1 Figueirense